Tether imprime US$ 100 milhões em USDT: Bitcoin vai subir?

LinkedIn

Um usuário do Twitter, com um perfil chamado WhaleAlert, identificou que a Tether, a empresa por trás da stablecoin do USDT, imprimiu mais 100 milhões de tokens, totalizando US$ 100 milhões. A pergunta é: Isso fará com que o Bitcoin tenha uma alta no preço?

De acordo com a Whale Alert, a operação foi realizada hoje:

CapturadeTela2019-07-04às12.46.23

Vale destacar que em outras situações semelhantes após a Tether realizar esse mesmo processo de impressão de novos tokens, o preço do Bitcoin sobe. Muitos ao ver a divulgação no Twitter, responderam a postagem com expectativa de uma valorização na primeira criptomoeda:

CapturadeTela2019-07-04às12.47.08

Paolo Ardoino, CTO da Tether e sua empresa irmã, Bitfinex, também responderam, relatando que uma explicação para o USDT recém “cunhado” foi uma troca da blockchain da Omni para a rede Ethereum devido ao aumento na demanda dos usuários.

CapturadeTela2019-07-04às12.48.48

Esta é a terceira vez que a Tether imprimiu uma quantidade tão grande de USDT nos últimos meses e talvez seja compreensível que as pessoas acreditem que uma valorização possa acontecer.

Normalmente, quanto mais pessoas compram o Tether, mais ele é emitido. Isso significa que a especulação de uma valorização (com investidores procurando mudar o USDT para o BTC ou alts) pode se concretizar.

Vale destacar que, a Viewbase uma empresa de análise de blockchain, recentemente divulgou que houve um aumento desenfreado de stablecoins transferidas para as exchanges. Segundo a empresa depois que o Bitcoin quebrou a resistência dos US$ 10 mil, uma enxurrada de moedas estáveis ​​(incluindo USDT) foi transferida para as exchanges. Se veremos a mesma situação novamente, só o tempo dirá.

 

Veja o Ranking das principais criptomoedas

Deixe um comentário