Empresário de gestão de capital afirma ter 50% de seu patrimônio líquido em Bitcoin (BTC) e gera críticas

LinkedIn

Anthony Pompliano, fundador da empresa de gestão de capital Morgan Creek, disse no Squawk Box da CNBC que mais da metade de seu patrimônio líquido está em Bitcoin (BTC). Em um vídeo publicado no Twitter em 6 de agosto, o outro convidado do canal, o empresário canadense e personalidade de TV Kevin O’Leary, chamou isso de “uma vergonha”:

“Isso é uma loucura. Eu não concebo isso, isso é uma insanidade. Invalida tudo sobre a diversificação de investimento. […] 50 por cento? Você devia se envergonhar! Isso é loucura!”

Por sua vez, Pompliano perguntou quanto do patrimônio líquido de O’Leary está no mercado de ações. O’Leary não respondeu à pergunta e afirmou que não detém mais de 5% em uma única ação, sugerindo que essa escolha garante a diversificação de sua carteira.

Diversificação no mercado de ações

Antes desta discussão, Pompliano também explicou por que – segundo ele – não ter Bitcoin como parte de uma carteira é uma irresponsabilidade:

“Agora estamos entrando em uma posição na qual é realmente uma irresponsabilidade que as instituições não tenham exposição a esse ativo e a razão é que seu trabalho é encontrar ativos que realmente possam fornecer não correlação com o restante dos mercados, especialmente em tempos de instabilidade global”.

O’Leary disse anteriormente que as criptomoedas representam sérios desafios de conformidade para o setor de serviços financeiros.

Em um “tuíte” de 5 de agosto, Peter Schiff, veterano defensor do ouro e conhecido detrator do Bitcoin, também criticou a CNBC por dar ao Bitcoin mais tempo de no ar que ao ouro.

Por Adrian Zmudzinski
Veja o Ranking das principais criptomoedas

Deixe um comentário