Bom dia, Investidor! 08 de novembro de 2019

LinkedIn

Esse é o Bom dia, Investidor! Com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!

Destaques corporativos

Azul (AZUL4): A Azul (AZUL4) teve prejuízo líquido de R$ 438 milhões no 3T19, 816% maior que os R$ 47,8 milhões registrados no 3T18. Ajustado pelo impacto não-caixa da variação cambial, o resultado na linha teria ficado positivo em R$ 441,4 milhões, crescimento de 56,7% na comparação anual.A companhia aérea teve uma despesa financeira líquida de R$ 1,028 bilhão, 88,7% maior que a do 3T18. O impacto foi causado principalmente pela perda cambial não-caixa de R$ 879,4 milhões relacionada principalmente ao aumento da dívida denominada em moeda estrangeira devido à depreciação de 8,7% do real entre 30 de junho e 30 de setembro de 2019. O Ebitda no 3T19 foi de R$ 935,8 milhões, 24,4% maior em relação ao 3T18. A margem Ebitda ficou em 30,9%, 0,3 ponto percentual menor do que a do 3T18. O resultado operacional (Ebit) aumentou 31,4%, para R$ 559,3 milhões, com margem de 18,5% (+0,8 p.p.).

B3  (B3SA3): O lucro líquido recorrente da B3 foi de R$ 851 milhões no 3T19, crescimento de 38,7%, em relação ao 3T18.Já o lucro líquido ajustado foi de R$ 719,8 milhões, aumento de 54,6% na base anual.Já o Ebitda recorrente totalizou R$ 1,109 bilhão, crescimento de 42,3%.A receita líquida somou R$ 1,706 bilhão.

Iguatemi (IGTA3): A Iguatemi Empresa de Shopping Centers (IGTA3), uma das maiores empresas full service no setor de shopping centers do Brasil, anunciou após o pregão desta quinta, 7, seus resultados do terceiro trimestre de 2019 (3T19).O lucro líquido atingiu R$ 86,9 milhões no 3T19, 32,5% acima do mesmo período do ano anterior.O EBITDA atingiu R$ 168,5 milhões no 3T19, 19,4% acima do 3T18, com margem de 92,4% (excluindo a venda de ativo o EBITDA ficou em R$ 155,0 milhões, representando uma margem de 85,0%).A Receita Líquida atingiu R$ 182,4 milhões no 3T19, crescimento de 2,7% com relação ao 3T18.

Unidas (LCAM3): Teve no 3T19 o maior lucro líquido trimestral da história da companhia, totalizando R$ 86,5 milhões e um crescimento de 43,8% em 12 meses.No acumulado dos nove meses, o Lucro Líquido recorrente totalizou R$252,8 milhões, 53,5% superior ao resultado atingido no combinado dos 9M18 e 124% do lucro de todo o ano de 2018.O EBITDA recorrente consolidado do 3T19 alcançou o patamar recorde de R$327,4 milhões, reportando um crescimento anual de 32,4% em 12 meses explicado pelas expansões dos EBITDAs de Aluguel de Carros em 54,3%, de Terceirização de Frotas em 23,6% e de Seminovos em 22,8%.Já a margem EBITDA recorrente consolidada sobre a receita líquida de locação totalizou 59,8% no 3T19, 0,5 p.p. inferior à margem obtida no 3T18, devido à maior exposição ao segmento de Aluguel de Carros, o qual possui, intrinsecamente, menores margens em relação ao segmento de Terceirização de Frotas, e à menor margem EBITDA de Seminovos.O EBIT consolidado recorrente totalizou R$202,7 milhões no 3T19, apresentando um crescimento de 26,3% em 12 meses.Já a margem EBIT recorrente atingiu o patamar de 37,1%, apresentando uma redução anual de 2,0 p.p. explicada pela maior exposição ao segmento de Aluguel de Carros e a maior depreciação absoluta em Terceirização de Frotas.

Cyrela (CYRE3): A empresa teve lucro líquido de R$ 104 milhões no 3T19 ante prejuízo de R$ 121 milhões no 3T18. Isso foi possível, segundo a companhia, por causa do crescimento da receita após salto em lançamentos e vendas.A receita líquida subiu 29% no período, para R$ 935 milhões. A margem bruta passou de 28,3% para 30,9% no comparativo ano a ano.

Ser Educacional (SEER3): O lucro líquido ajustado atingiu R$36,2 milhões no trimestre, uma redução de 18,8% em comparação aos R$44,6 milhões no 3T18. No 3T19, o EBITDA Ajustado dos efeitos não-recorrentes alcançou R$68,3 milhões, apresentando uma redução de 9,4% em relação ao 3T18, quando atingiu R$75,4 milhões. A margem EBITDA ajustada ficou 2,7 p.p. inferior, atingindo 23,6%, comparada a 26,4% do 3T18.A receita líquida apresentou crescimento de 1% no trimestre e totalizou R$ 288,9 milhões em decorrência principalmente do aumento da base de alunos de ensino a distância.

BRF (BRFS3): A BRF registrou lucro líquido de R$ 445,6 milhões no terceiro trimestre nas operações continuadas e lucro líquido total societário de R$ 304,4 milhões, revertendo prejuízo de R$ 812,4 milhões de igual período do ano passado.O Ebitda ajustado somou R$ 1,609 bilhão, alta de 178,1%, o que inclui ganho líquido de R$ 467 milhões referente a ações tributárias. Excluindo-se esse ganho, o EBITDA Ajustado totalizaria R$ 1,142 bilhão.A margem Ebitda ajustada foi de 19,0% no terceiro trimestre, alta de 11,6 p.p.; excluindo-se o ganho líquido das ações tributárias, a margem ajustada seria de 13,5%.A receita líquida de R$ 8,459 milhões, alta de 8,4%. Apenas no Brasil, a receita líquida subiu 6,3%, a R$ 4,382 bilhões.A companhia ainda informou que, como resultado da implementação do seu plano de restruturação operacional e financeira e das perspectivas futuras para o mercado de proteínas, atualizou as suas estimativas de alavancagem financeira líquida, representada pela razão entre a dívida líquida e o EBITDA Ajustado dos últimos 12 meses, a qual deverá se situar em torno de 2,75x ao final de 2019. “A BRF reitera o seu compromisso com a recuperação de suas margens operacionais e sua disciplina financeira”, afirmou.(fonte:infomoney)

Marisa (AMAR3): A Marisa registrou prejuízo líquido de R$ 76 milhões no terceiro trimestre deste ano. A cifra é maior do que a estimativa de perda de R$ 39,4 milhões estimada por analistas consultados pela Bloomberg.Entre julho e setembro, a companhia registrou ebitda ajustado de R$ 56,8 milhões. As projeções apontavam para R$ 28,5 milhões. Já a receita líquida da varejista totalizou R$ 550,7 milhões, 1,9% acima dos R$ 540,3 milhões vistos um ano antes.No final do terceiro trimestre, a Marisa apresentava endividamento líquido de R$ 743,9 milhões, R$ 145 milhões acima do valor visto no mesmo período do ano passado, “em função tanto do maior dívida bruta quanto da menor posição de caixa e aplicações financeiras.” (Fone: infomoney)

Tenda (TEND3): A Tenda teve lucro líquido de R$ 64,6 milhões no terceiro trimestre, desempenho 0,3% superior ao registrado no mesmo período do ano passado.O lucro foi resultado da combinação entre um crescimento de 8,4% do lucro bruto e redução de 4,4% das despesas operacionais, afirmou a companhia. O Ebitda ajustado totalizou R$ 88,4 milhões, alta 6,8%. (Fone: infomoney)

Sul América (SULA11): A Sul América teve lucro líquido de R$ 245,4 milhões no terceiro trimestre deste ano. O valor é 4,6% maior do que o registrado um ano antes (R$ 234,6 milhões).As receitas totais subiram 10,9% na mesma base de comparação, totalizando R$ 5,9 bilhões entre julho e setembro de 2019.“Nossos resultados confirmam a tendência positiva que temos apresentado nos últimos ciclos, combinando crescimento e rentabilidade por meio de maior eficiência com melhoria da qualidade de produtos e serviços e da experiência dos nossos segurados”, afirmou a empresa em relatório.O índice de sinistralidade consolidada da seguradora chegou a 76,1% no terceiro trimestre. Enquanto isso, o retorno sobre o patrimônio médio (ROAE) ficou em 17,2% nos últimos doze meses, 1,2 ponto percentual melhor que o retorno registrado ao fim de setembro de 2018.(Fone: infomoney)

Energisa (ENGI11): A Energisa apresentou lucro líquido de R$ 53,9 milhões no terceiro trimestre deste ano. O valor configura uma queda de 79,2% sobre o registrado no mesmo período do ano passado.O ebitda da companhia subiu 27,2%, para R$ 885,1 milhões. Já o ebitda ajustado teve crescimento de 28,2%, totalizando R$ 979,9 milhões entre julho e setembro deste ano.Enquanto isso, a receita operacional líquida da companhia, que exclui receita de construção, ficou em R$ 4,125 bilhões no terceiro trimestre, ganho de 10% sobre os R$ 3,749 bilhões vistos um ano antes.(Fonte:Infomoney)

Burger King (BKBR3): O BK Brasil teve lucro de R$ 5,5 milhões no terceiro trimestre deste ano, queda de 79,8%. A empresa informa que, sem os efeitos do IFRS 16, o lucro somaria R$ 10,4 milhões, retração de 61,6%.A retração no resultado líquido é consequência da piora no resultado financeiro, aliada à pressão na margem bruta devido o ambiente econômico e à maior concorrência, informou.O Ebitda ajustado somou R$ 115 milhões, alta de 50%. O resultado financeiro líquido foi negativo em R$ 17,6 milhões revertendo número positivo de R$ 2,3 milhões.A receita liquida somou R$ 723,4 milhões, alta de 18,4%. As vendas em mesmos restaurantes subiu 4%.(Fonte:infomoney)

JSL (JSLG3): JSL apresentou lucro líquido consolidado de R$ 66,1 milhões no terceiro trimestre deste ano, alta de 22,4% em comparação ao mesmo período de 2018.O lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação (Ebitda) atingiu R$ 511,9 milhões, uma alta de 21,9%, com uma margem de 28,9% (4 p.p.). A receita líquida total atingiu R$ 2,453 bilhões, alta de 18,6%..(Fonte:infomoney)

Agenda esta semana divulgação balanços: 

Dia 08:  Alpargatas, Tecnisa, MDias – após o pregão

 

Notícias

Cenário Externo

Mercados… Bolsas asiáticas fecharam predominantemente em alta, com as bolsas de Tóquio (+0,1%) e Hong Kong (+0,6%) acumulando ganhos na sessão. Na zona do euro, índices de mercado iniciam o dia com tendência altista: o índice pan-europeu, STOXX 600, avança 0,3% até o momento. Nos EUA, índices futuros no verde indicam que devemos ter uma abertura favorável em NY, enquanto o dólar (DXY) recua contra seus principais pares. Na frente das commodities, ativos acompanham dinâmica positiva dos mercados. O preço do petróleo (Brent crude) volta a avançar (+1,1%), recuperando parte das perdas de ontem e se mantendo próximo dos US$ 63,00/barril. (por: Guide Investimentos)  

Agenda… Além das balanças comerciais chinesa e europeia, o investidor avalia o índice de confiança do consumidor da Universidade de Michigan às 12h e a inflação ao produtor e ao consumidor na China no mês de outubro.(por: Guide Investimentos)

■ Brasil

Outro Leilão frustrante… O leilão do pré-sal da quinta-feira teve desfecho parecido com o leilão da sessão onerosa. O direito de exploração de 5 campos estava à venda; somente 1 recebeu ofertas. O lance veio da Petrobras, em parceria com a empresa chinesa CNODC. A venda dos direitos deve gerar receita de R$ 5,1 bilhões para a União. Os preços, o regime de partilha e os privilégios da Petrobras tornam os ativos brasileiros pouco atraentes para empresas estrangeiras.(por: Guide Investimentos)

■ Commodities

Minério de ferro: Os contratos futuros mais líquidos do minério de ferro negociados na bolsa de Dalian, na China, tiveram queda de -2,83% a 600 iuanes.  

Petróleo: WTI: -1,59% (US$ 56,24). Brent: -1,49% (US$ 62,36)

Ouro: Os contratos de referência do Ouro, com vencimento em dezembro:  a US$ 1.462,205 , baixa de  -0,28%.

Agenda econômica

■ Brasil

  • A Fundação Getulio Vargas (FGV) divulga às 8h os dados do Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) referentes a outubro.
  • IA FGV divulga às 8h os dados do Indicador Coincidente de Desemprego (ICD) referentes a outubro.
  • A FGV divulga às 8h os dados da primeira leitura do Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) referentes a novembro.
  • O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulga às 9h os dados da produção industrial regional referentes a setembro.

■ Indicadores Internacionais

  • EUA –  A versão preliminar do índice de confiança do consumidor de novembro será publicada às 12h pela Universidade de Michigan e pela Thomson Reuters. 
  • EUA – Os estoques no atacado de setembro serão publicados às 12h pelo Departamento do Comércio.
  • China – A balança comercial de outubro será publicada na madrugada pela alfândega.
  • Japão – A leitura preliminar do índice de indicadores antecedentes de setembro será publicada às 2h pelo gabinete do governo
  • Alemanha : O resultado da balança comercial e do balanço de pagamentos de setembro será publicado às 4h pelo Destatis.
  • Europa: O Ecofin (grupo dos ministros de Finanças da União Europeia) tem encontro marcado em Bruxelas, na Bélgica.

Termômetro B3

DESTAQUES VAR %  FECHAMENTO (R$)
NATU3  +8,25% R$ 34,10
USIM5  +7,93% R$ 8,30
KLBN11  +6,12% R$ 17,68
IRBR3 -4,37% R$ 36,35
MGLU3 -2,21% R$ 44,20
BTOW3 -2,14% R$ 53,10

Deixe um comentário