Apesar da aprovação do pacote de US$ 2 tri, investidores temem pelos dados de desemprego e mercado opera em baixa

LinkedIn

As Bolsas da Ásia fecharam em baixa, e os mercados europeus, assim como os índices de futuro de Nova York, operam com perdas na manhã desta quinta-feira.

O pacote de US$ 2 trilhões desenhado para atenuar os impactos do coronavírus na economia americana foi aprovado por unanimidade (96 a 0) no Senado dos Estados Unidos no final da noite de ontem, mas os investidores aguardam a divulgação do número semanal de pedidos de seguro-desemprego, dado que será conhecido nesta manhã. O temor é que haja uma explosão de pedidos.

Na segunda-feira, o Goldman Sachs publicou um relatório alertando que 2,2 milhões de empregos podem ter sido destruídos nos Estados Unidos entre o final da semana passada e o começo desta semana, à medida que a pandemia do coronavírus avança pelo país.

As estimativas mais “otimistas” do banco JP Morgan colocam o total de pedidos em 1 milhão; Bank of America e Morgan Stanley acreditam que serão 3 milhões, enquanto o Citigroup projeta que serão 4 milhões.

O número de casos do Covid-19 nos EUA subiu para mais de 55 mil na noite de ontem, com 1.041 mortes, informa a Universidade Johns Hopkins. Só a Itália e a China têm mais casos.

Na Europa, líderes europeus devem ter uma teleconferência nesta quinta-feira para discutir uma resposta à crise. Na Itália, o número de mortes atingiu 7.500 pessoas e, na Espanha, ultrapassou 3.400 na quarta-feira, superando a China (3.291 mortes).

Mercado Asiático

China

Os índices acionários da China fecharam em baixa nesta quarta-feira uma vez que os investidores realizaram lucros após dois dias de fortes ganhos, e depois de o aumento no número de casos importados de coronavírus ter levado Pequim a apertar os controles para evitar uma retomada das infecções.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, caiu 0,66%, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,6%.

O subíndice do setor financeiro do CSI300 perdeu 0,27%, o de consumo caiu 0,45%, o imobiliário teve queda de 0,82% e o de saúde subiu 1,75%.

A China continental registrou o segundo dia consecutivo sem nenhuma nova infecção conforme o epicentro da pandemia, a província de Hubei, reabre suas fronteiras, mas os casos importados subiram.

Japão

As ações japonesas fecharam em queda no pregão de quinta-feira, com perdas nos setores de Nikkei 500 Pulp & Paper, Nikkei 500 Railway & Bus e Nikkei 500 Real Estate, levando as ações a uma baixa.

No encerramento em Tóquio, o Índice Nikkei 225 perdeu 4,51%.

O melhor desempenho da sessão no Índice Nikkei 225 veio das ações da Nichirei Corp. (T:2871), que subiram 6,02%, o que corresponde a 156,0 pontos, sendo negociadas a 2.749,0 no fechamento do pregão. Enquanto isso, as ações da Oji Holdings Corp. (T:3861) adicionaram 5,41%, ou 29,0 pontos, terminando o dia em 565,0, e as da NTT Docomo, Inc. (T:9437), que avançaram 3,87%, ou 123,0 pontos, no final das operações com 3.305,0.

O pior desempenho da sessão foi das ações da Fast Retailing Co., Ltd. (T:9983), que caiu 13,16% ou 6.640,0 pontos, com os papéis sendo negociados a 43.800,0 em seu fechamento. Tokyo Tatemono Co., Ltd. (T:8804) recuou 12,77%, ou 158,0 pontos, terminando em 1.079,0, e Marubeni Corp. (T:8002) diminuiu 11,79%, ou 73,5 pontos, para 550,1.

As ações em queda superaram os papéis com resultados positivos na Bolsa de valores de Tóquio com uma diferença de 2441 a 1242, enquanto 115 terminaram sem alterações.

As ações da NTT Docomo, Inc. (T:9437) avançaram, alcançando seu máximo de 5 anos; aumentando 3,87%, ou 123,0, para 3.305,0.

O Nikkei Volatility, que mede a volatilidade implícita das opções do índice Nikkei 225, permaneceu inalterado 0,00%, para 48.28.

Os contratos futuros de petróleo para entrega em maio, caíram 3,27%, ou 0,80, para $23,69 por barril. Em outras commodities, petróleo brent para entrega em maio, recuou 2,48%, ou 0,68, para atingir $26,71 por barril, enquanto os futuros de ouro para entrega em abril, recuaram 0,84%, ou 13,75, negociados a $1.619,65 por onça troy.

O par USD/JPY retrocedeu 0,69% para 110,42, enquanto o par EUR/JPY recuou 0,39%, para 120,50.

O Índice Dólar Futuros, por sua vez, aumentou 0,27% em 100,720.

 

Deixe um comentário