André Mendonça é nomeado novo ministro da Justiça; Ramagem assume PF

LinkedIn

O Diário Oficial da União desta terça-feira, 28, traz a nomeação de André Mendonça, que ocupava a chefia da Advocacia-Geral da União (AGU), como ministro da Justiça e Segurança Pública. O cargo estava vago desde a sexta-feira, 24, quando Sérgio Moro pediu demissão e acusou o presidente Jair Bolsonaro de ingerência na Polícia Federal.

Mendonça não estava entre os mais cotados para assumir a vaga que era de Moro. Outros nomes, como o de Jorge Oliveira, atual ministro da Secretaria-Geral da Presidência, tinham mais força.

O substituto de Mendonça na AGU é José Levi Mello do Amaral Júnior, que até então atuava como procurador-geral da Fazenda Nacional.

O novo ministro da Justiça, André Mendonça, agradeceu, pelo Twitter, o presidente Jair Bolsonaro pela nomeação e disse que seu compromisso “é continuar desenvolvendo trabalho técnico”.

“Agradeço ao pr @jairbolsonaro por confiar a mim a missão de conduzir as políticas públicas de Justiça e Segurança do nosso país”, escreveu o ex-titular da Advocacia-Geral da União (AGU).

“Meu compromisso é continuar desenvolvendo o trabalho técnico que tem pautado minha vida. Conto com o apoio do povo brasileiro! Que Deus nos abençoe!”, acrescentou o substituto do ex-juiz Sergio Moro na pasta da Justiça.

Deixe um comentário