Destaques Wall Street: GM suspende dividendos, Boeing cancela contrato com Embraer e outros destaques corporativos de Wall Street desta segunda-feira (27)

LinkedIn
Esse é o Destaque Wall Street do dia 27 de Abril de 2020, com tudo o que você precisa saber sobre as empresas negociadas nas bolsas americanas!

Para começar o dia bem informado, não deixe de ler o nosso Bom dia ADVFN – Mercado internacional em alta com expectativa por fim das quarentenas

Confira agenda completa da semana com as maiores empresas americanas divulgando seus resultados.

Destaques corporativos de Wall Street para hoje

Armstrong World Industries (AWI) (AWII34)

O projetista de soluções comerciais e residenciais de parede e teto ficou abaixo das estimativas em 1 centavo, com ganhos trimestrais ajustados de US$ 1,10 por ação, com receita um pouco abaixo das previsões também. Armstrong está retirando as diretrizes financeiras para 2020, com a pandemia de coronavírus diminuindo a demanda, e disse que está reduzindo os gastos, suspendendo as contratações e suspendendo seu programa de recompra de ações.

AutoNation (AN)

A AutoNation devolverá US$ 77 milhões recebidos em empréstimos perdoáveis ​​do Paycheck Protection Program. A revendedora de carros disse que pretendia usar os fundos inteiramente para folha de pagamento, mas decidiu devolver o dinheiro depois que a Administração de Pequenas Empresas emitiu novas diretrizes para o programa.

Beyond Meat (BYND)

O UBS rebaixou as ações da fabricante de hambúrgueres de “neutra” para “vender”, observando alta de 142% das ações em relação à mínima de março e dizendo que a recuperação não precifica o impacto dos riscos econômicos relacionados à Covid- 19.

Boeing (BA) (BOEI34)

A Boeing cancelou seu acordo para pagar US$ 4,2 bilhões por uma participação de 80% no negócio de jatos comerciais da Embraer. A Boeing disse que os dois lados não chegaram a um acordo sobre os termos finais dentro de um prazo, mas a Embraer acusou a Boeing de encerrar o acordo unilateralmente. Saiba mais…

Caterpillar (CAT) (CATP34)

A ação do fabricante de equipamentos pesados ​​foi rebaixado de neutro para venda pelo Morgan Stanley, que vê um risco de uma possível desaceleração de vários anos na construção não residencial, entre outros fatores.

Check Point Software (CHKP)

A empresa de cibersegurança relatou ganhos trimestrais ajustados de US $1,42 por ação, 4 centavos acima das estimativas, com receita também superando as previsões de Wall Street. Os resultados da empresa foram impulsionados pelo aumento da demanda por segurança de rede, à medida que mais pessoas trabalharam em casa durante o surto de coronavírus.

Deutsche Bank (.BBKA)

O Deutsche Bank divulgou um lucro preliminar no primeiro trimestre, surpreendendo analistas que previam uma perda para o banco alemão. O Deutsche Bank disse que pode não cumprir suas metas de exigência de capital, devido à concessão de mais crédito à luz do surto de coronavírus, bem como a um aumento nas inadimplências de empréstimos.

Diamond Offshore (DO)

A Diamond Offshore entrou com pedido de proteção contra falência, depois de dizer que a demanda por seus serviços de perfuração “caiu vertiginosamente” em meio à queda significativa na demanda por petróleo. A Diamond Offshore possui 53% da Loews.

General Motors (GM) (GMCO34)

A General Motors disse nesta segunda-feira que está suspendendo seus dividendos trimestrais e recompras de ações para economizar dinheiro durante a pandemia de coronavírus. Saiba mais…

Hertz Global (HTZ)

A Hertz foi rebaixada de neutra para venda no Barclays, reduzindo o preço-alvo de US$ 10 para US$ 2 por ação. O Barclays está preocupado com uma chamada de capital feita por investidores da empresa de aluguel de carros.

Regeneron Pharmaceuticals (REGN) (REGN34)

Os fabricantes de medicamentos Regeneron e Sanofi (SNYY34) interromperam parte de seus estudos sobre o medicamento para artrite Kevzara como um possível tratamento contra o Covid-19. As empresas dizem que o medicamento não beneficiou pacientes hospitalizados com Covid-19 que não usavam ventiladores. O estudo, no entanto, continuará para pacientes que necessitam de um ventilador ou outro suporte de oxigênio.

Revlon (REV)

A Revlon alinhou um financiamento adicional de US$ 100 milhões para ajudá-lo a lidar com as dificuldades financeiras provocadas pelo surto de coronavírus. No entanto, a Reuters relata que o plano geral de reestruturação da Revlon está enfrentando objeções de alguns dos credores da fabricante de cosméticos, com a Revlon precisando de votos dos detentores de mais da metade de sua dívida para avançar.

Tesla (TSLA) (TSLA34)

A Tesla pediu a dezenas de trabalhadores que retornassem ao trabalho em sua fábrica em Fremont, Califórnia, na quarta-feira, de acordo com memorandos internos vistos pela CNBC. Isso ocorre mesmo que as ordens de saúde relacionadas ao surto de Covid-19 ainda não tenham sido alteradas ou relaxadas.

Wayfair (W)

A Wayfair foi rebaixada de “comprar” para “manter” na Stifel Nicolaus, citando a avaliação das ações do vendedor on-line de artigos para o lar. As ações da Wayfair chegaram a mínima de US$ 21,70 em 19 de março, antes de subir e fechar a sexta-feira em US$ 122,41 por ação.

Confira os destaques do Momento B3 do dia de hoje:

Fusão da Embraer cancelada, Hypera tem queda no lucro do 1T20 e outros destaques desta segunda-feira

 

Usuários ADVFN acompanham, gratuitamente e em tempo real, a cotação de todas as ações negociadas nas bolsas americanas e os índices (SPI:SP500), (DOWI:DJI) e em mais de 80 bolsas mundiais através das ferramentas Monitor, Cotação e Gráfico.

Conheça o Telegram ADVFN e fique por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro. 

Deixe um comentário