PMI de manufatura dos EUA tem leitura de 49,1, sinalizando contração

LinkedIn

A atividade manufatureira dos EUA se contraiu em março, enquanto o surto de coronavírus continua pressionando a economia. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (01) pelo Institute for Supply Management (ISM).

O índice de fabricação ISM caiu para 49,1 no mês passado, ante 50,1 em fevereiro.

“A pandemia de coronavírus e os choques nos mercados globais de energia impactaram todos os setores manufatureiros”, disse Timothy Fiore, presidente do Instituto de Gerenciamento de Suprimentos, em comunicado.

O índice ISM de emprego no setor manufatureiro dos EUA tem leitura mensal de 43,8 em março, acima do consenso de 43,6.

“A pandemia de coronavírus e os choques nos mercados globais de energia impactaram todos os setores manufatureiros”, disse Timothy Fiore, presidente do Instituto de Gerenciamento de Suprimentos, em comunicado.

Mais de 800.000 casos de coronavírus foram confirmados em todo o mundo, segundo a Universidade Johns Hopkins. Os EUA são o país com os casos mais confirmados, com mais de 189.000.

As ações caíram em um mercado em baixa no meio do surto, com a Dow Jones Industrial Average, S&P 500 e Nasdaq Composite, todas negociadas mais de 20% abaixo das máximas recorde estabelecidas em fevereiro. As principais médias caíram novamente na quarta-feira, com os investidores digerindo comentários do presidente Donald Trump, que disse terça-feira que as próximas duas semanas serão “difíceis” para o país.

Deixe um comentário