Balança comercial tem superávit de US$ 4,54 bilhões em maio, pior resultado para o mês em 5 anos

LinkedIn

A balança comercial registrou superávit de US$ 4,548 bilhões em maio, informou o Ministério da Economia nesta segunda-feira (1º).

O superávit é registrado quando as exportações superam as importações. Quando ocorre o contrário, é registrado déficit comercial.

Em relação a maio do ano passado, houve queda de 19,1% no saldo comercial positivo. Esse também foi o pior resultado para o mês de maio em cinco anos.

A queda do superávit comercial aconteceu em meio à pandemia do novo coronavírus, que tem diminuído o fluxo de comércio entre os países – algo que não tinha sido registrado em abril, quando o saldo positivo foi o melhor para esse mês em três anos.

Exportações e importações

Em maio deste ano, de acordo com o Ministério da Economia, houve queda de 4,2% nas exportações, para US$ 17,940 bilhões.

“A queda do valor exportado foi resultado direto do forte recuo dos preços internacionais – função do enfraquecimento da demanda global – reduzindo em 15,6% os preços dos bens exportados pelo Brasil, em relação ao mesmo mês do ano anterior”, informou.

Por outro lado, as exportações Brasileiras apresentaram alta de 5,6% tendo por base somente o volume exportado, o que configura, na avaliação do governo, o “bom desempenho das exportações brasileiras diante da queda generalizada dos embarques internacionais”.

Do lado das importações, o valor somou US$ 13,392 bilhões no mês de maio, com queda de 0,6% pela média diária. Caíram as importações de combustíveis e lubrificantes (-61,6%), bens de consumo (-24,3%), e bens intermediários (-11%), enquanto cresceram as compras de bens de capital (+144,4%).

Conheça o Telegram ADVFN e fique por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro. 

Deixe um comentário