Bom dia ADVFN - Ausência de dados econômicos e preocupação com coronavírus aumentam incertezas

LinkedIn
Esse é o Bom dia, Investidor! 10 de julho de 2020, com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!

O número de mortes recordes na Flórida e Califórnia e o temor de uma segunda onda na Ásia aumentam o sentimento de aversão ao risco.

No mercado asiático, o pregão foi de perdas com os investidores cautelosos devido ao crescente número de casos de coronavírus em todo o mundo. O Nikkei 225, de Tóquio, recuou 1,06%. O Shangai SE apresentou desvalorização de 1,95% e o Hang Seng Index, de Hong Kong, caiu 1,84%.

A cidade australiana de Melbourne está novamente confinada após um aumento nos casos, já que as autoridades australianas consideram a desaceleração do retorno de cidadãos em meio a um surto no estado de Victoria, informou a Reuters nesta quinta-feira (09).

A ausência de dados econômicos significativos deixou a ansiedade em torno do vírus para dominar o sentimento dos investidores e aumentar a volatilidade. O sentimento negativo predomina na pré-abertura do mercado americano, registrando queda. Na Europa, as principais Bolsas abriram em terreno negativo, mas conseguiram se recuperar e operam no positivo com a expectativa da temporada de balanços, na próxima semana.

Os preços do petróleo caem nesta sexta-feira, aumentando as fortes perdas da sessão anterior, devido a preocupações de novos bloqueios após um aumento nos casos de coronavírus nos Estados Unidos e em outros lugares, suprimindo a demanda de combustível. Os estoques de petróleo também permanecem inchados devido à evaporação da demanda por gasolina, diesel e outros combustíveis durante o surto inicial.

O WTI (NYMEX:CL\Q20) está sendo negociado a US$ 38,70, com queda de -2,3%. Os futuros internacionais de petróleo Brent (NYMEX:BZ\U20) operam em queda de -2,0%, negociados a US$ 41,49.

Bitcoin é negociado em queda de -0,61% a US$ 9.180. O ouro é negociado a US$ 1.811 por onça-troy.
Contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa de Dalian fecharam em leve alta de 0,06%, cotados a 790.600 iuanes, equivalente hoje a US$ 112,86.

Conheça o Telegram ADVFN e fique por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro. 

Coronavírus

A embaixada da China no Cazaquistão alertou seus cidadãos a tomar precauções contra um surto de pneumonia no país que, segundo o órgão, é “mais letal que a Covid-19”.

A entidade afirmou em comunicado na sua conta oficial do WeChat na noite de quinta-feira que houve um “aumento significativo” de casos nas cidades de Atyrau, Aktobe e Shymkent desde meados de junho.

Já o Coronavírus teve o alerta da Organização Mundial da Saúde (OMS), de que a pandemia segue acelerando e está fora de controle, com o mundo registrando um milhão de novos casos de covid-19 a cada sete dias, serve de lembrete que ainda é necessário combater a doença.

O aumento de casos de coronavírus nos Estados Unidos e em outros países, como o Brasil, está deixando o mercado financeiro preocupado. O receio dos investidores é de que a necessidade de controlar a pandemia obrigue os governos a reverem seus planos de reabertura da atividade, retomando as medidas de bloqueio (lockdown) e de isolamento social, fazendo desaparecer a recente recuperação econômica.

O mundo registra 12.279.131 de casos de coronavírus e 555.166 mortes, confirmadas hoje pela Universidade Johns Hopkins.

O Brasil registrou 69.184 mortes em função da pandemia do novo coronavírus. Nas últimas 24 horas, foram acrescidas às estatísticas 1.220 pessoas que perderam a vida em decorrência da covid-19. Conforme o balanço, há 632.552 pessoas em acompanhamento e 1.054.043 se recuperaram. Há 4.077 mortes em investigação.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), concedeu entrevista à CNN americana a respeito do combate à pandemia da Covid-19 no Brasil. Para Doria, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) dá um mau exemplo aos brasileiros e dificulta a contenção do coronavírus no país.

Em São Paulo, o prefeito Bruno Covas anunciou a reabertura de parques e academias a partir da próxima segunda-feira. Hoje o Estado de São Paulo chegou ao terceiro dia seguido em que os óbitos diários ficam acima de 300, ultrapassando as 17 mil mortes pela doença.

Brasil

Em isolamento após o diagnóstico positivo para a Covid-19, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) realizou a sua live semanal das quintas-feiras sozinho. O presidente disse que espera indicar o novo ministro da Educação nesta sexta-feira (10) e afirmou ter conversado com “cinco ou seis nomes”.

Bolsonaro aproveitou para rebater as críticas que recebeu por divulgar vídeo tomando hidroxicloroquina e também criticou a decisão do Facebook de derrubar páginas que o apoiavam, afirmando que a empresa agiu politicamente.

O presidente do STJ (Superior Tribunal de Justiça), ministro João Otávio de Noronha, concedeu prisão domiciliar nesta quinta-feira (9) a Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), e sua mulher, Márcia Oliveira de Aguiar. A decisão tem caráter liminar — ou seja, o mérito ainda será julgado.

Agenda Econômica

A semana chega ao fim com o foco na agenda interna, que traz o resultado de junho da inflação oficial ao consumidor brasileiro (IPCA) e o desempenho do setor de serviços em maio. Os dados do setor de serviços, que responde por mais da metade do PIB e que foi profundamente atingido pelo isolamento, devem confirmar a retomada econômica. Já o IPCA de junho, pode ser decisivo às apostas do Copom, se confirmar a volta da aceleração inflacionária. Também será conhecida a primeira prévia deste mês do IGP-M.

Lá fora, destaque apenas para a inflação no atacado (PPI) dos EUA no mês passado a reunião dos ministros de Finanças dos ainda 27 países da União Europeia (UE).

🗓 Agenda Econômica 🗓 10/07

🇧🇷 Índice IPC Fipe (05h00)
🇧🇷 Índice IGP-M mensal 1ª prévia (08h00
🇧🇷 IPCA mensal/anual (09h00)
🇧🇷 Pesquisas de serviços mensal/anual (09h00)
🇺🇸 Índice de Preços ao Produtor mensal/anual (09h30)
🇺🇸 Núcleo do índice de preços ao produtor mensal/anual (09h30)
🇧🇷 RIVA – Fim do período de reservas do IPO (10h16)
🇺🇸 Contagem de sondas Baker Hughes (14h00)

Ibovespa e dólar de ontem

O Ibovespa fechou em queda de 0,61%, aos 99.160,33 pontos, com volume de R$ 26,6 bilhões.

Maiores altas do Ibovespa
LAME4 +10,12% R$ 35,37
ELET6 +9,39% R$ 37,85
ELET3 +8,60% R$ 36,76
VVAR3 +7,21% R$ 17,55
BTOW3 +4,13% R$ 120,18

Maiores baixas do Ibovespa
BRKM5 -7,02% R$ 23,57
CCRO3 -4,93% R$ 14,47
TIMP3 -3,54% R$ 14,72
ECOR3 -3,29% R$ 14,41
USIM5 -2,99% R$ 7,47

A divulgação dos dados de vendas no varejo bem acima do esperado em maio levou as ações do setor a dispararem no pregão de ontem.

Já o dólar, em mais um dia de volatilidade, fechou em baixa de 0,21%, cotado a R$ 5,3383.

Fonte: CNN, CNBC, Infomoney, TC, A bula do mercado, Agência Brasil e BDM.

Deixe um comentário