ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for pro Negocie como um profissional: Aproveite discussões em tempo real e ideias que movimentam o mercado para superar a concorrência.

Aprenda a analisar uma ação em apenas 3 passos

LinkedIn

Como todo processo, para um investimento render bons frutos, precisa ser estudado e aprimorado. Dessa forma, os esforços em prol da melhor compreensão acerca da renda variável devem ser contínuos. Mas por onde começar?

Este artigo trará três bons e seguros passos para uma base analítica fundamentalista de ações, entretanto, cabe ao leitor seguir este caminho, aprender cada vez mais, e desenvolver seus próprios pontos relevantes para a tomada de decisão.

Primeiro passo

É sempre importante conhecer a história daquela empresa! As ações são pedaços de alguma companhia, são frações de sociedades. Sendo assim, para ser um sócio acionista, é relevante entender:

  • O propósito da companhia e quais suas práticas e cultura;
  • O trajeto percorrido – muitas empresas grandes já passaram por problemas, vale a pena saber como a instituição se sai no quesito resiliência;
  • Quais são as metas da empresa, onde quer chegar, o que tem feito para isso e como sua gestão se comporta.

Segundo passo

Em suma, as ações que você escolhe dizem muito sobre seu perfil de investidor. Mas mais do que isso, dizem muito sobre seu conhecimento de mercado. Por isso, estudar setores onde as companhias estão inseridas lhe permite compreender melhor o desempenho de suas ações e os indicadores em geral.

Além disso, os setores muito se distinguem. Algumas empresas são naturalmente mais alavancadas, outras naturalmente tendem ao mercado externo e possuem receita dolarizada. Os setores influenciam diretamente no desempenho de sua carteira, por isso, vale a pena aprimorar este conhecimento e entender como as ações de cada setor costumam se comportar.

Terceiro passo

Por fim, mas igualmente relevante, está a compreensão acerca de indicadores. Você já compreende o que quer dizer termos como ‘‘P/L’’, “ Dividend Yield”, “Ebitda”, etc.?

Estes indicadores são de suma importância para que o investidor possa metrificar a lucratividade da ação, bem como o endividamento da companhia – que também afeta os papéis, ou até mesmo o crescimento da empresa, muitas vezes ligado ao desempenho e rendimentos.

Por fim, estas foram dicas básicas, mas sempre muito úteis para quem começa a se aventurar nesse universo incrível que é a renda variável. Além disso, vale lembrar que para ver uma análise completa sobre o tema, basta clicar aqui!

Texto escrito por Ana Paula Abreu

Gratuito - Quero ver a lista de criptomoedas - clique no banner

Deixe um comentário

Seu Histórico Recente

Delayed Upgrade Clock