Bitcoin ultrapassa US$ 16.000 pela primeira vez desde janeiro de 2018

LinkedIn

O Bitcoin subiu brevemente acima da marca de US$ 16.000 na quinta-feira (12), atingindo um nível não visto desde o início de janeiro de 2018.

O preço da criptomoeda subiu para US$ 16.019 logo após as 7 da manhã, horário de Brasília. A última negociação foi de cerca de $ 15.949, alta de 1,55% nas últimas 24 horas.

A última vez que o bitcoin ultrapassou o nível de US$ 16.000 foi em 8 de janeiro de 2018. O motivo do movimento de alta na quinta-feira não foi imediatamente claro, mas ocorre em um momento em que várias empresas parecem estar entrando em crise.

No mês passado, o gigante da fintech PayPal anunciou que adicionaria novos recursos, permitindo aos usuários negociar bitcoin, ether, bitcoin em dinheiro e litecoin. No início de 2021, a empresa também planeja permitir que os clientes usem criptografia para fazer compras com sua rede de 26 milhões de varejistas.

Enquanto isso, a Square disse no mês passado que havia comprado US$ 50 milhões em bitcoins. A firma de fintech dos EUA, dirigida pelo CEO do Twitter, Jack Dorsey, há muito oferece serviços de criptografia aos usuários de seu popular aplicativo Cash.

Bitcoin, a criptomoeda mais conhecida e valiosa do mundo, mais que dobrou de preço este ano, uma ascensão selvagem que lembra seu rali monstruoso no final de 2017, que o viu estreitar-se na marca de US$ 20.000.

Alguns fãs de criptografia dizem que isso se deve à onda de estímulo sem precedentes de governos e bancos centrais de todo o mundo com o objetivo de combater a crise do coronavírus. Essas medidas, dizem eles, desvalorizam as moedas fiduciárias, tornando o bitcoin uma alternativa atraente.

CapturadeTela2020-11-12às10.35.27Gráfico candle mensal (diário) do BTC – br.advfn.com

Deixe um comentário