Bom dia ADVFN - Reino Unido autoriza uso emergencial da vacina da Pfizer/BioNTech contra covid-19 - (02/12/2020)

LinkedIn

Esse é o Bom dia, Investidor!  02 de dezembro de 2020, com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!

As Bolsas mundiais têm queda leve  com o desdobramento do Brexit terminar sem acordo.

Na Ásia, as bolsas encerraram de forma mista, com a Xiaomi, a segunda maior fabricante de smartphones da China, caindo depois de divulgar uma venda expressiva de ações. O yuan offshore apagou os ganhos depois que Biden disse ao New York Times que não irá remover imediatamente as tarifas sobre produtos chineses.

Na Europa, nas bolsas europeias têm leve queda neste momento, à medida que os investidores ponderam sobre a possibilidade de um Brexit sem acordo, ao lado da posição indecisa do presidente eleito Joe Biden sobre sua postura diante das tarifas impostas aos produtos chineses. Setores pró-cíclicos, incluindo automóveis e bancos, lideraram as quedas. A Libra britânica avança depois que o chefe do grupo de trabalho pós Brexit, Michel Barnier, teria dito a embaixadores da UE que não descarta a possibilidade de uma saída britânica “no deal”.

O Reino Unido se tornou o primeiro país ocidental a aprovar uma injeção de Covid-19, com seu regulador liberando a vacina da Pfizer e da BioNTech. A vacina foi aprovada pela MHRA (sigla em inglês para Autoridade Regulatória para Medicamentos e Produtos de Saúde) para uso emergencial, antes mesmo do produto desenvolvido pela parceria entre AstraZeneca e Universidade de Oxford, que é outra grande aposta do governo britânico. Em julho, as farmacêuticas anunciaram um acordo com o governo britânico pelo qual forneceriam 30 milhões de doses da vacina, assim que fosse autorizada para uso emergencial. Em outubro, esse patamar foi ampliado para 40 milhões de doses. O Reino Unido tem uma população de 66,65 milhões de pessoas. Como a vacina é feita para ser administrada em duas doses, deve haver, portanto, o suficiente para imunizar um terço da população do país, que contabiliza mais de 60 mil mortes por covid, o maior saldo da Europa.

Nos Estados Unidosos índices futuros americanos operam em queda neste momento. O mercado monitora a negociação em torno de um novo pacote de estímulos para a economia americana, sem o qual o governo pode ter seu funcionamento prejudicado. O financiamento de quase todas as agências do governo americano expira em 11 de dezembro. Na terça, congressistas representantes da Câmara, dominada pelos democratas, e do Senado, dominado pelos republicanos, apresentaram a proposta de um pacote de estímulos no valor de US$ 908 bilhões, que prevê verbas para a distribuição de vacinas, testagem e acompanhamento de pessoas contaminadas, além de auxílio a pequenos negócios, incremento no seguro-desemprego.

Os futuros internacionais de petróleo WTI (NYMEX:CL\Z20) estão sendo negociados a US$44,5, alta de  +0,04%. O Brent (NYMEX:BZ) também opera em alta  de +0,15%, negociado a US$ 47,49.

Bitcoin (COIN:BTCUSD) é negociado a US$ 19.288,57. O ouro (COMEX:GC\Z20) é negociado a US$ 1.832,75 por onça-troy.

⇒ Bitcoin – Passado, Presente e Futuro da Criptomoeda

Minério de ferro: Contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa de Dalian fecharam com alta de 3,43%, cotados a 934 iuanes, equivalente hoje a US$ 142,28.

⇒ As condições que tornam o ouro um investimento atraente

Coronavírus

A vacina da farmacêutica Pfizer, em parceria com a Biontech, foi aprovada para ser usada na próxima semana no Reino Unido. A agência reguladora britânica informou que a vacina tem até 95% de eficácia contra a Covid-19. A vacinação pode começar dentro de alguns dias para pessoas de grupos de alta prioridade.

O mundo registra 63.938.037 de casos de coronavírus e 1.481.750 mortes, confirmadas pela Universidade Johns Hopkins.

No Brasil, o ministério da Saúde registrou na terça-feira (1º) mais 50.909 casos e 697 mortes por Covid-19. Os aumentos estão acima da média registrada nos últimos sete dias, que foi de 35.467 episódios e 519 óbitos diários. Com a atualização, o Brasil chegou a 6.386.787 diagnósticos e 173.817 vítimas da doença causada pelo novo coronavírus.

A vacinação contra covid-19 no Brasil terá 4 fases: vai começar pelos trabalhadores da área de saúde, a população idosa — acima de 75 anos ou com 60 anos ou mais que vivem em asilos e instituições psiquiátricas — e a população indígena, informou o Ministério da Saúde nesta terça-feira (1º.). “Em um segundo momento, entram pessoas de 60 a 74 anos. A terceira fase prevê a imunização de pessoas com comorbidades que apresentam maior chance para agravamento da doença (como portadores de doenças renais crônicas e cardiovasculares)”, afirma comunicado do Ministério, distribuído após reunião do ministro Eduardo Pazuello e outros envolvidos para discutir a estratégia de vacinação.

Brasil

Covid-19 no Brasil: Transmissão da Covid-19 recua, mas ainda é considerada alta no Brasil. A taxa está em 1,02, ou seja, 100 pessoas com coronavírus podem infectar outras 102. Há uma semana, a taxa era de 1,3 – a maior desde maio. O dado é da Imperial College de Londres.

Coronavírus: Plano Nacional de Imunização contra a Covid-19 só ficará pronto quando houver uma vacina registrada pela Anvisa. Mas o Ministério da Saúde antecipou que tem preferência por vacinas que necessitem de dose única e que possam ser armazenadas entre dois e oito graus. Com isso, os imunizantes da Pfizer e da Moderna podem ficar de fora dos planos do Brasil.

Poderes

Passadas as eleições municipais, o governo federal decidiu pedir empenho do Congresso na aprovação de pautas econômicas para ainda este ano. Ministro da articulação política, Luiz Eduardo Ramos disparou mensagens aos líderes da base nesta semana pedindo prioridade na votação de pelo menos 11 medidas de interesse do governo. O envio dos pedidos antecede uma reunião de Ramos com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre. O ministro pede ainda que a Câmara aprove o PLP 137/20, que cria fonte de recursos para o enfrentamento de calamidade pública nacional decorrente da Covid-19; a independência do Banco Central; os projetos de cabotagem e BR do Mar, que visa ampliar a oferta de serviços de transporte por cabotagem na costa brasileira, além das reformas tributária e administrativa.

Economia

O Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio brasileiro crescerá 9% em 2020, um avanço anual recorde impulsionado pelo aumento da produção e preços em máximas históricas de várias commodities, estimou na terça-feira a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). O PIB do setor, que no ano passado atingiu 1,55 trilhão de reais, respondendo por pouco mais de 20% da economia brasileira, deve ajudar o país a aliviar a derrocada de outros setores atingidos em 2020 pela pandemia de coronavírus.

Justiça

Os partidos do centrão e da oposição articulam um movimento para pressionar o Supremo Tribunal Federal (STF) a barrar a possibilidade de reeleição dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do senado, Davi Alcolumbre, ambos do DEM. O objetivo é que a corte analise presencialmente a ação. O julgamento, que começa na próxima sexta-feira (4), está previsto para acontecer no plenário virtual.

Estados Unidos

Presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden apresentou a equipe econômica de governo. Durante pronunciamento, o democrata destacou a preocupação dos impactos da pandemia na economia do país, entre eles, o desemprego.

Os dados da produção industrial brasileira em outubro são destaque por aqui. Lá fora, Powell volta a discursar, desta vez, na Câmara dos EUA. Entre os indicadores, saem dados sobre o emprego no setor privado norte-americano (ADP) e sobre a atividade no setor de serviços chinês, ambos referentes a novembro.

Confira a agenda:

🗓 AGENDA ECONÔMICA 🗓  02/12 
(ALE): Vendas no Varejo (04h00)
(BRA): Índice IPC Fipe (05h00)
(EUR): Taxa de Desemprego (07h00)
(BRA): Produção Industrial (09h00) *
(EUA): Variação de Empregos Privados ADP Nov (10h15) *
(EUA): Encomendas à Indústria (12h00)
(EUA): Estoques de Petróleo Bruto (12h30) *
(JPA): PMI Composto (21h30)
(CHI): PMI serviços Caixin (22h45)

Proventos Hoje: 

Data “Com” – Nenhuma ação negociada como data “Com”…

Data “Ex” – BRB Banco (BSLI) negociada como data “Ex”…

Pagamento – Nenhum pagamento agendado para hoje…

Ibovespa e dólar no último pregão: 

Referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa subiu 2,37%, a 111.477,61 pontos, de acordo com dados preliminares, máxima de fechamento desde 21 de fevereiro. O volume financeiro somava 36 bilhões de reais.

Maiores altas do Ibovespa

ECOR3 +7.23% / R$ 12,90
YDUQ3 +7.21% / R$ 35,40
COGN3 +7.04% / R$ 5,02
SANB11 +6.59% / R$ 41,73
PRIO3 +6.58% / R$ 53,47

Maiores baixas do Ibovespa

RADL3 -3.60% / R$ 24,92
TOTS3 -3.36% / R$ 25,85
VVAR3 -3.15% / R$ 17,19
RENT3 -2.57% / R$ 65,49
NTCO3 -2.46% / R$ 49,17

Dólar    

dólar comercial:  o dólar à vista caiu 2,22%, a 5,2282 reais na venda, menor patamar para um encerramento desde 31 de julho passado (5,2185 reais). A moeda oscilou em queda durante toda a jornada, variando entre 5,3304 reais (-0,30%) e 5,2174 reais (-2,42%).

Ifix   

IFIX , fechou em queda de 0,18%, aos 2.803,51 pontosA movimentação financeira foi de R$ 210,44 milhões.

Fonte: CNN, CNBC, Infomoney, TC, A bula do mercado, Agência Brasil e BDM.

Deixe um comentário