Qual a melhor ação do setor de aluguel de veículos?

LinkedIn

Um dos setores mais afetados pelo período inicial da pandemia foi mesmo o de locação de automóveis. Entretanto, está entre as melhores expectativas de mercado e, mesmo durante a recessão, este segmento recebeu boas avaliações e projeções positivas por parte dos especialistas.

Acontece que este segmento, em âmbito nacional, apresenta algumas companhias como destaque. E hoje faremos uma rápida análise de três das mais conhecidas, a Movida (MOVI3), Unidas (LCAM3) e a Localiza (RENT3). Vale destacar que ao considerar ambas, temos o resultado de domínio de 58% deste mercado total.

Nos últimos meses, este setor e empresas desfrutaram de boas recomendações, seja pela Ágora Investimentos, pela Ativa Corretora, ou pela mudança de rating pela S&P Global Ratings.

Neste sentido, a Ágora anunciou, em outubro, ver potencial de crescimento para as empresas locadoras de carros, que podem dobrar de valor até 2025. Bem como a S&P Global Ratings alterou a perspectiva de classificação de algumas dessas companhia, migrando de negativa para estável. 

Movida

Esta é uma das companhias de maior potencial do setor, de acordo com a Ativa Corretora. Além de ser exemplo de excelência no atendimento aos clientes, também é referência nas práticas ESG, bem como na busca por inovação. O mercado externo a vê com bons olhos, sendo classificada como uma Empresa B.

No entanto, a recomendação da corretora para esta companhia é neutra, com um preço-alvo de R$ 20,5. Ou seja, uma pequena variação negativa em relação à cotação atual de R$20,9.

“A Movida se mostra uma empresa engajada na inovação de seus processos e conseguiu demonstrar essa estratégia em meio a um cenário de grande estresse e incerteza para a economia”

Como consta em relatório

Por fim, um ponto negativo de destaque é a forte concorrência, uma vez que houve fusão entre a Unidas e a Localiza, que juntas detém ampla fatia de mercado.

Unidas

Esta companhia lidera seu segmento, e vem apresentando vantagens em relação às demais, tanto por sua capacidade de expansão quanto pela sinergia da fusão com a Localiza. Nesse sentido, de acordo com a Ágora Investimentos, esta fusão pode gerar uma empresa 4 vezes maior do que a Movida.

Além disso, a Unidas aposta na terceirização de frotas, que a Ativa destaca ser um processo com potencial positivo. E ainda está presente no segmento agro, que favorece sua arrecadação e expansão.

Vale destacar que a corretora ainda indica um ponto de atenção, a Unidas pode ser pega de surpresa com a desaprovação em relação à união com a Localiza pelo Cade.

Por fim, houve recomendação de compra pela Ativa Corretora para os papéis da Unidas, com um preço-alvo de R$31.

Localiza

Quando se trata do segmento de aluguel de automóveis, propriamente dito, esta é a companhia que detém 50% do poder de mercado. Ou seja, a Localiza possui uma frota ampla e um poder de negociação acima de seus pares, o que a possibilita diminuir os custos por depreciação.

Vale destacar que esta empresa é fortemente afetada por momentos de crise, como o momento pandêmico, uma vez que é sensível à oscilação cambial. Acontece que a desvalorização do real interfere negativamente nos gastos com depreciação da imensa frota da Localiza.

Em suma, estando cotada a R$63,29, a Ativa indica uma supervalorização dos papéis na comparação com as concorrentes. Neste caso, a recomendação também é neutra, e o preço alvo é de R$70 com a possibilidade de uma valorização suave.

Por fim, para conferir uma análise completa sobre o desempenho das companhias deste setor durante a pandemia.

Este texto escrito por Ana Paula Abreu possui conteúdo informativo. Ou seja, não figura recomendações.

Deixe um comentário