O New York Times acaba de transformar uma de suas colunas em um NFT

LinkedIn

New York Times (NYT) transformou uma de suas colunas em um token não fungível (NFT) e já está disponível.

“Por que um jornalista também não pode entrar para a festa dos NFTs?”, escreveu Kevin Roose, colunista de tecnologia do NYT, em uma série de tuítes explicando a iniciativa.

CapturadeTela2021-03-25às12.04.12

De acordo com a coluna, os lucros da venda de 24 horas irão para o Neediest Cases Fund da publicação (algo como “o fundo de casos mais necessitados”), que fornece suporte para causas sociais em Nova York e em outros locais.

Além disso, o comprador aparecerá em um futuro artigo sobre a venda, junto com seu nome, afiliação e uma imagem de sua escolha. Compradores também têm a opção de permanecerem anônimos.

Neste momento, o NFT possui um lance de 21 ETH (cerca de US$ 33,8 mil) no mercado Foundation, que realizou a venda do “Nyan Cat” por 300 mil ETH.

NYT é a mais recente revista a explorar o uso dos NFTs, que são parecidos com certificados digitais ou etiquetas ligadas a uma obra de arte ou trabalho criativo. Os dados são mantidos na forma de um token em uma rede blockchain, com a ideia de que esses tokens são únicos e escassos.

revista TIME emitiu e está no processo de vender três de suas capas na plataforma SuperRareQuartz vendeu seu primeiro artigo NFT por 1 ETH (cerca de US$ 1,6 mil).

Deixe um comentário