Méliuz assina acordo com Acessopar no valor de R$ 324,5 milhões

LinkedIn

A Méliuz assinou acordo de associação” com a Acessopar Investimentos e Participações, fintech especializada em soluções de pagamento e banking as a service e que opera utilizando as marcas “Acesso”, “Acesso Bank”, “Bankly” e “Banco Acesso”.

O fato relevante foi feito pela empresa (BOV:CASH3) nesta segunda-feira (03). Confira o comunicado na íntegra.

O acordo de associação prevê a incorporação pela Méliuz de 100% das ações de emissão da Acessopar, holding controladora da Acesso, em troca de novas ações de emissão da Méliuz.

O valor da transação totaliza R$ 324,5 milhões.

“A associação com a Acesso e sua equipe de gestão marca mais um passo na expansão do ecossistema de serviços financeiros do Méliuz, permitindo o desenvolvimento de soluções em contas digitais, pagamentos, e outros temas relacionados a serviços e produtos transacionais”, explicou a Méliuz em fato relevante enviado ao mercado.

A Acesso hoje é uma instituição de pagamento autorizada a funcionar pelo Banco Central, possuindo as licenças, tecnologia e infraestrutura bancária que permitirão ao Méliuz ser protagonista no desenvolvimento e construção de uma solução que atenda as expectativas dos seus usuários.

“Com isso, o Méliuz passa a ter capacidade de aumentar ainda mais o engajamento da base de usuários, facilitando o lançamento de novos produtos financeiros como investimentos e seguros em parceria com outras instituições financeiras, além de aumentar a venda cruzada com os produtos e serviços já existentes: Cartão Méliuz, Marketplace e Méliuz Nota Fiscal”, explicou a companhia.

A Acesso possui um time de 178 pessoas e movimentou R$1,3 bilhão de TPV (Total Payment Volume ou Volume Total de Pagamentos) em março/21. A receita bruta em 2020 foi de R$53,6 milhões.

A Méliuz pretende divulgar os resultados do 1T21 no dia 17 de maio.

Lucro líquido de R$ 19,7 milhões em 2020, avanço de 31,2%

A empresa de cashback Méliuz informou que teve lucro líquido de R$ 19,729 milhões em 2020, avanço de 31,2% sobre o resultado de 2019.

O Ebtida – lucro antes de impostos, depreciação e amortização – atingiu R$ 30,3 milhões, com expansão de 186%.

A receita líquida foi de R$ 125,4 milhões em 2020, com crescimento de 53,9%.

“Os resultados apresentados até aqui são fruto de muito trabalho e da resiliência de um time fora da curva, que foi capaz de resistir em momentos de grandes dificuldades, de se adaptar à nova realidade que vivemos e que mostrou ter espírito empreendedor ao encarar tantos desafios enfrentados ao longo dos últimos quase dez anos.

Queremos construir algo muito maior, sem fronteiras, e que nos impulsione a continuar crescendo pelos próximos 10, 15, 20 anos”, diz a mensagem da administração.

Deixe um comentário