CSN (CSNA3): Lucro de R$ 5,5 bilhões no segundo trimestre, baixa de 3%

LinkedIn

A Companhia Siderúrgica Nacional registrou lucro líquido de R$ 5,5 bilhões no 2º trimestre de 2021, baixa de 3% na comparação com o primeiro trimestre de 2021, mas com avanço de 1.136,3% na comparação com igual período de 2020.

Segundo a empresa, a diferença entre as etapas aconteceu devido ao IPO da CSN Mineração (CMIN3), que gerou um ganho de capital para companhia entre janeiro e março de 2021.

O Ebitda ajustado atingiu a marca dos R$ 8,1 bilhões, crescimento de 40,8% no comparativo com o trimestre anterior. Esse resultado foi acompanhado por um ganho de margem de 4,4 pontos porcentuais no período, com a margem Ebitda ajustada alcançando 53%. A combinação de um maior volume de vendas com preços mais altos em todos os produtos comercializados contribuiu positivamente para esse resultado extraordinário. No semestre, o Ebitda ajustado foi de R$ 14,0 bilhões, com uma margem Ebitda ajustada de 51%, ou 28 pontos porcentuais acima da verificada no mesmo período de 2020.

“Esse resultado extraordinário é consequência da combinação de melhores preços e eficiência nos custos em basicamente todos os segmentos de atuação”, afirmou a siderúrgica.

receita líquida totalizou R$ 15,392 bilhões, o que representa um aumento de 147% quando comparado com o segundo trimestre de 2020 e de 29% na comparação com o primeiro trimestre de 2021.

“Esse número é consequência da forte evolução de preços verificados no período, tanto para o minério de ferro quanto para o aço e o cimento”,  explicou a empresa.

As vendas de aço da CSN subiram 27,7%, para 1,3 milhão de toneladas, enquanto a venda de minério de ferro subiu 17,7%, para 9,1 milhões de toneladas.

A produção de minério de ferro no período somou 10,5 milhões de toneladas, alta de 25,4% ante o primeiro trimestre de 2021, com Ebitda recorde de R$ 5,08 bilhões.

Já o custo dos produtos vendidos totalizou R$ 7,111 bilhões no trimestre, 15% maior em comparação com os primeiros três meses de 2021 em razão, principalmente, da evolução do preço de algumas commodities necessárias no processo produtivo, além do maior volume de vendas de minério no mercado externo, informou a empresa.

Já as despesas com vendas, gerais e administrativas, totalizaram R$ 825 milhões entre abril e junho deste ano, 48,2% superior ao registrado no trimestre passado.

O grupo de outras receitas e despesas operacionais foi negativo em R$ 402 milhões no segundo trimestre, como consequência, principalmente, das operações de hedge accounting para minério de ferro no total de R$ 279 milhões.

Todavia, o resultado financeiro foi negativo em em R$ 340 milhões, impactado pela variação cambial observada no período, além do custo da dívida.

Teleconferência

O presidente Benjamin Steinbruch, disse, durante teleconferência, que a meta da companhia, é conseguir o grau de investimento junto às agências de risco.

“A primeira busca é pelo ‘investment grade’ da companhia até o fim do ano. Todo o nosso esforço será para isso. Vamos manter a alavancagem quase a zero se não for zero. Não se surpreendam se chegarmos ao fim do ano com zero dívida”, afirmou.

“Vamos manter o caixa alto. Vamos ser muito conservadores em tudo para preservarmos o grau de investimento”, indicou Steinbruch.

“Estamos muito tranquilos, tivemos um segundo trimestre excepcional e o terceiro trimestre está dado. No quarto trimestre só se acontecer uma coisa nada prevista para impactar as nossas metas para esse ano. É uma companhia completamente diferente, por isso, vamos trabalhar de forma oposta: administrar os excessos e não a falta. Buscamos liquidez alta e endividamento baixo”, acrescentou Steinbruch.

O executivo disse que o grande projeto neste primeiro semestre foi o controle e baixa dos custos, para isso, a companhia atualizou os seus preços. “Agora trabalhar forte na redução de custos”, sustentou.

VISÃO DO MERCADO

BB Investimentos

Os resultados referentes ao 2T21 da CSN novamente mostraram uma excelente performance operacional e financeira, como reflexo da continuidade do cenário favorável de demanda aquecida e preços elevados nos segmentos de siderurgia, mineração e cimentos no período.

A empresa apresentou novo recorde em diversos indicadores, como receita líquida (R$ 15,4 bilhões), EBITDA ajustado (R$ 8,2 bilhões), margem EBITDA (53,1%) e alavancagem (dívida líquida/EBITDA de 0,6x). Destaque para a alavancagem, cuja meta prevista para o final do ano foi superada no 2T21, avanço possibilitado pela forte geração de caixa operacional e disciplina financeira da empresa.

Continuamos com uma visão positiva do papel, com a expectativa de que os próximos resultados trimestrais continuarão refletindo o cenário favorável para os setores de atuação da CSN, reforçada pela perspectiva de crescimento de dividendos em função do lucro robusto. Além disso, os fundamentos de longo prazo seguem atrativos, com o grupo mostrando estratégias acertadas nos diferentes segmentos em que atua. Assim, reiteramos nossa recomendação de Compra para CSNA3, com preço-alvo 2021E de R$ 49,00.

O cenário de demanda aquecida e preços elevados em siderurgia, mineração e cimento deverá continuar no curto prazo, sustentando a forte rentabilidade e o baixo nível de alavancagem, trazendo também altos dividendos.

A CSN tem apresentado uma excelente performance operacional e financeira, aproveitando-se do bom momento de seus setores de atuação. As perspectivas de demanda aquecida e preços de aço, minério de ferro e cimento seguem favoráveis no curto prazo, e deverão se refletir em bons resultados no próximo trimestre.

A CSN tem fortalecido a estratégia de independência dos negócios, com plano de crescimento bem definido em cada segmento e listagem dos ativos em bolsa. Após o IPO da CSN Mineração, o segmento de cimento continua em preparação para a abertura de capital. Vale destacar a recente aquisição da Elizabeth Cimentos está alinhada às estratégias de expansão e diversificação geográfica estabelecidas para o segmento.

Outro destaque é a estratégia de desalavancagem do grupo que tem sido bem sucedida, com as metas ambiciosas sendo atingidas antes do previsto. Desta forma, entendemos que a empresa vem consolidando um novo perfil de estrutura de capital, com balanço robusto para sustentar seu plano de crescimento.

BB Investimentos tem recomendação de compra com preço-alvo de R$ 49,00…

BTG Pactual

A CSN reportou um excelente conjunto de resultados, superando nossas expectativas por uma margem razoável. O EBITDA ficou em R$ 8,17 bilhões, 7% acima de nossa projeção (+ 324% a/a e + 41% t/t), impulsionado pelos múltiplos ventos favoráveis de receita em todas as unidades de negócios.

Os números acima das estimativas foram impulsionados, principalmente, pela divisão de aço, com preços mais altos levando as margens EBITDA para 33%, de 27% no 1T21. A CSN reportou sólida geração de FCF no trimestre (anualizando um yield acima de 30%), o que levou a uma redução substancial da dívida líquida para R$ 13,2 bilhões (0,6x).

Em nossa opinião, seu processo de desalavancagem está concluído, com a empresa pronta para buscar alternativas de crescimento mais agressivas ou retornos de caixa mais fortes.

BTG Pactual tem recomendação de compra com preço-alvo de R$ 53,00…

Eleven Financial 

Os resultados foram muito fortes, impulsionados pelos preços de aço e minério e pelo bom desempenho da unidade de cimentos, que vem ganhando destaque.

O cenário para o mercado de siderurgia e mineração continua promissor, pois os esforços da China para conter o avanço do preço do minério de ferro não parecem estar surtindo efeito e devem retirar capacidade de aço do mercado, beneficiando assim os preços para a siderurgia.

A demanda interna continua apresentando boas perspectivas, com as siderúrgicas tendo pedidos tomados até o fim doa no em algumas linhas e em outras com ordens já para 2022. A empresa conta com um forte crescimento no segmento de mineração , onde pretendem triplicar a capacidade, e no de cimentos com seus planos de IPO e a recente aquisição da Elizabet, que aumentará a capacidade em 30%.

Eleven mantém recomendação de compra com preço-alvo de R$ 55,00…

Mirae Asset

A CSN divulgou sólido resultado no 2T21, superando as expectativas do mercado. O aumento dos volumes colocados em siderurgia e mineração, associado a melhora de preços do aço no mercado local e da forte alta dos preços do minério de ferro x alta do dólar foram determinantes para o forte crescimento do faturamento, de sua geração operacional e de sua lucratividade. A CSN desmembrou o braço de mineração e criou a CSN Mineração, que já está sendo negociada na B3 e pretende futuramente fazer a cisão do braço de cimento (adiou o IPO por condições do mercado).

Neste resultado divulgado estão os números consolidados, que incluem os dois braços e outras atividades. A entrada de recursos foi determinante para uma grande transformação em sua estrutura de capital, que já há alguns anos registrava um endividamento elevado é que a todo trimestre acaba penalizando seu resultado financeiro. Decorrente da melhora de seus números aguardamos mudanças em seu valuation e preço justo pelo mercado.

No momento, mantemos nossa recomendação de Compra para suas ações ON, que é negociada atualmente a uma relação PL 21 de 3,3x e EV/Ebitda/21 de 2,6x. Estamos trabalhando com preço justo de R$ 55,47, equivalente a uma valorização potencial de 18%, mas aguardamos revisão do preço justo para cima em breve.

Mirae Asset tem recomendação de compra com preço-alvo de R$ 55,47…

Planner

Os resultados da CSN no 2T21 superaram as nossas expectativas. As altas nos preços do aço e do minério de ferro foram os principais responsáveis pela maior geração de caixa e lucro. Porém, as elevações de custos não permitiram margens ainda mais remuneradoras.

Com preços recordes, há uma grande dúvida no mercado quanto à manutenção destes bons resultados. No entanto, segundo o presidente da empresa, os números do 3T21 serão ainda melhores, devido a preços e volumes ainda mais elevados.

Isto é possível, considerando que o terceiro trimestre é sazonalmente melhor na siderurgia e mineração, sendo que reajustes de preços realizados no trimestre passado terão reflexos no 3T21. Assim, mantemos nossa recomendação de Compra para CSNA3 com Preço Justo de R$ 54,00 (potencial de alta em 18%).

Planner tem recomendação de compra com preço-alvo de R$ 54,00…

Toro

Atualmente, a CSN atua em cinco grandes setores: siderurgia, mineração, logística, cimento e energia. Contudo, há de se destacar que esses segmentos são altamente cíclicos, com a demanda atrelada ao nível de atividade econômica, especialmente devido às aplicações do aço estarem ligadas à construção civil, à indústria automobilística e à produção da linha branca. Além disso, um ponto de atenção diz respeito às dificuldades de ajuste da produção à demanda, em função da dinâmica produtiva do aço.

Apesar disso, observamos com bons olhos o processo de desalavancagem financeira, no qual a CSN apresenta um cronograma para reestruturar sua dívida, que ainda é relativamente alta ante seus pares diretos. Dentro deste aspecto, a Companhia realizou o IPO (oferta pública inicial) de sua unidade de mineração em fevereiro de 2021. A expectativa de realização da oferta inicial das ações de sua unidade de cimento também favorece a execução deste plano.

Recentemente, temos acompanhado esforços do governo chinês em torno dos preços das commodities e dos níveis de produção de aço no País. Apesar disso, a demanda por minério de ferro permaneceu aquecida, principalmente em função da limitação da oferta no mercado transoceânico. Somado a isso, os estímulos governamentais propostos ao redor do mundo, que visam a retomada econômica, também têm impulsionado o setor de siderurgia e sustentado os patamares de preço do minério de ferro.

Dessa forma, acreditamos que a demanda externa aquecida por minério de ferro, buscando atender, principalmente, os investimentos em infraestrutura e construção, favorecem os resultados futuros da CSN. O setor também apresenta boas perspectivas para os próximos trimestres, em função do ciclo de alta gerado pela ausência da expansão da oferta e do crescimento da demanda, devido aos programas governamentais propostos em diversos países. Sendo assim, recomendamos a compra do ativo CSNA3 para o longo prazo.

Os resultados da CSN (BOV:CSNA3) referente suas operações do segundo trimestre de 2021 foram divulgados no dia 28/07/2021. Confira o Press Release completo!

* Com informações da ADVFN, RI das empresas, Valor, Infomoney, Estadão, Reuters

Deixe um comentário