Preocupações com a variante Delta do Covid-19 pesam sobre os mercados globais

LinkedIn

ÁSIA: A maioria dos principais mercados da Ásia fechou em alta, com os investidores monitorando o surto de Covid-19 em toda a região, enquanto os preços do petróleo recuavam.

A China reimpôs controles de viagem enquanto tenta deter uma onda de Covid-19. A China cortou a maior parte do acesso a uma cidade de 1,5 milhão de pessoas, cancelou voos aéreos e disse para a população evitar viagens, após uma série de casos ligados a passageiros vindos do exterior que foram infectados com a variante delta.

O Goldman Sachs cortou sua previsão de crescimento para a China para 2021, citando a rápida disseminação da variante delta altamente contagiosa do coronavírus que causa o COVID-19, embora o banco espere uma recuperação no final do ano. O banco, em nota aos clientes no domingo, cortou sua previsão de crescimento do PIB real do terceiro trimestre para 2,3%, ante 5,8%, mas elevou sua previsão de crescimento no quarto trimestre de 5,8% para 8,5%, deixando a projeção para o ano inteiro de 2021 em 8,3%, ante 8,6% anterior.

Entre os dados divulgados, o crescimento das exportações chinesas desacelerou inesperadamente em julho, enquanto as importações também perderam seu ímpeto. As exportações subiram 19,3% em relação ao ano anterior, em comparação com um ganho de 32,2% em junho e contra a previsão de um ganho de 20,8%, informou a Reuters. As importações aumentaram 28,1% em relação ao ano anterior, menos do que a previsão do mercado de um aumento de 33%. A China também mostrou que a inflação ao consumidor desacelerou ligeiramente. O índice de preços ao consumidor em julho subiu 1% em relação ao ano anterior, contra um ganho de 1,1% no mês anterior e abaixo da meta do governo de cerca de 3% para este ano.

Mesmo assim, as bolsas no continente encerraram o pregão em alta: o composto de Xangai subiu 1,05%, para 3.494,63 pontos, enquanto o Shenzhen Component adicionou 0,77%, para 14.941,44 pontos.

O índice Hang Seng de Hong Kong reduziu os ganhos iniciais de cerca de 1%, para fechar em alta de 0,40%.

A Austrália registrou 280 novos casos de Covid em um período de 24 horas no domingo, com a maioria deles no populoso estado de New South Wales. Os dois estados mais populosos da Austrália pediram para a população para ficar em casa, exceto para ir trabalhar ou por algum motivo especial. O governador do banco central da Austrália, Philip Lowe, alertou na sexta-feira que a economia provavelmente diminuirá no trimestre que termina em setembro.

O ASX 200 australiano atingiu um novo recorde de alta em 7567,0 pontos durante a primeira hora de negociação, no entanto, a suavização dos preços do minério de ferro e do ouro fez com que o índice entregasse seus ganhos no fechamento, fechando inalterado em 7538,4 pontos. O setor financeiro fechou em alta com os grandes bancos e as seguradoras liderando os ganhos, enquanto o setor de materiais, em especial as produtoras de ouro pesaram sobre o índice. Ramelius Resources caiu 5,6%, Gold Road recuou 4,9% e Northern Star perdeu 3,7%. Entre as gigantes do setor, BHP caiu 0,3%, Rio Tinto perdeu 0,5%, enquanto a produtora exclusiva de minério de ferro Fortescue Metals fechou em baixa de 1,3%. Entre as produtoras de petróleo, Oil Search e Santos recuaram 0,5% cada.

A bolsa da Indonésia caiu mais de 1%, à medida que o país do sudeste asiático luta contra um sério surto de Covid.

Na Coreia do Sul, o índice Kospi caiu 0,3% para 3.260,42 pontos. O Kosdaq terminou praticamente estável em 1.060 pontos.

As bolsas de valores do Japão e de Cingapura ficaram fechadas.

EUROPA: A maioria das principais bolsas europeias recua na manhã de segunda-feira, contrastando com o sentimento mais positivo durante a noite na Ásia.

O alemão DAX 30 cai 0,20%, o francês CAC 40 recua 0,06%, o IBEX 35 da Espanha recua 0,17%, enquanto o FTSE MIB da Itália opera em alta de 0,31%.

Em Londres, o FTSE 100 cai 0,41%, pesada principalmente pelo setor de commodities. Entre as mineradoras listadas na LSE, Anglo American sobe 0,5%, Antofagasta cai 0,4%, BHP recua 0,2% e Rio Tinto perde 0,1%. As preocupações com o crescimento da China não ajudam os preços do petróleo, o que ampliou as perdas desde sexta-feira. BP cai 2,2% e Royal Dutch Shell recua 1,4%.

A contagem global de casos coronavírus superou 202,7 milhões na segunda-feira, enquanto o número de mortos subiu acima de 4,29 milhões de acordo com dados da Universidade Johns Hopkins. Os EUA lideram o mundo com um total de 35,8 milhões de casos e 616.829 mortes, à medida que a variante delta altamente infecciosa continua a se espalhar rapidamente, especialmente em estados com baixas taxas de vacinação. A média móvel de sete dias de casos ficou em 110.360 no domingo uma média de mais de 100.000 por dia, de acordo com uma pesquisa do New York Times, marcando o nível mais alto desde fevereiro.

A Índia está na segunda posição, com 31,9 milhões de casos e a terceira por mortes, com 428.309, de acordo com seus números oficiais, mas que devem estar subestimados. O Brasil é o segundo em mortes, com 563.151 e o terceiro em casos, com 20,2 milhões. O México tem o quarto maior número de mortes, com 244.420, mas registrou apenas 2,9 milhões de casos, de acordo com números oficiais.

Na Europa, a Rússia continua na frente do Reino Unido com 162.860 mortes, enquanto o Reino Unido tem 130.630, tornando a Rússia o país com o quinto maior número de mortes no mundo e o mais alto da Europa.

EUA: Os futuros das ações dos EUA estavam sob pressão na segunda-feira, depois que o Dow Jones Industrial Average renovou o seu recorde de fechamento na sexta-feira, após um forte relatório de empregos e com investidores preocupados pela disseminação da variante delta do coronavirus.

O Dow subiu 144,26 pontos, ou 0,41%, renovando seu recorde histórico de 35.208,51 pontos. O S&P 500 subiu 0,17%, atingindo seu recorde de fechamento, em 4.436,52 pontos. O Nasdaq Composite resistiu à tendência, caindo 0,40% para 14.835,76 pontos. Todos os três principais índices terminaram a semana em alta e a segunda semana positiva em três. Na semana, o Dow ganhou 0,8%, enquanto o S&P 500 avançou 0,9% e o Nasdaq subiu 1,1%.

Os preços do ouro seguem em baixa nesta segunda-feira, após os fortes dados de emprego do Departamento do Trabalho na sexta-feira, com a economia dos EUA criando 943.000 empregos em julho. Os economistas esperavam 845.000 novos empregos no mês passado. A taxa de desemprego caiu para 5,4%, abaixo da expectativa de 5,7%.

A criação de vagas em vários setores que estão reabrindo, como restaurantes, hotéis, logística, transporte é um bom sinal pois dá mais poder de compra para o consumidor no futuro, no entanto, os sinais de uma forte recuperação econômica podem levar o Federal Reserve a diminuir ou retirar suas medidas de suporte monetário à economia.

Os senadores dos EUA se reuniram no domingo para trabalhar na aprovação de um projeto de infraestrutura de US $ 1 trilhão, uma das principais prioridades políticas do presidente Joe Biden. O pacote bipartidário deve ter apoio republicano suficiente para ser aprovado nesta semana no Senado e ser levado à votação da Câmara em setembro.

O rendimento da nota de referência do Tesouro de 10 anos saltou para 1,3% após o relatório de empregos melhor do que o esperado, favorecendo os ganhos para o setor financeiro na sexta-feira, aumentando as perspectivas de lucros para os bancos. Indústrias, varejistas e ações de energia também subiram, já que o relatório de empregos forte diminuiu as preocupações com a recuperação econômica. Por outro lado, ações de tecnologia recuaram pois as taxas crescentes diminuem os ganhos futuros para o setor, que depende de financiamentos pesados.

Recentemente, o rendimento do título de 10 anos recuou significativamente de suas máximas em março, quando se aproximou de 1,8%. Nesta segunda-feira, o yield de 10 anos opera estável, em torno de 1,28%.

Na agenda econômica, às 11h00 será divulgado números de vagas de trabalho do JOLTS, porém a semana está recheada de dados econômicos importantes, como o índice de preços ao consumidor e o índice de preços ao produtor que estão programados para sair na quarta e quinta-feira , respectivamente.

Empresas como Tyson Foods, AMC Entertainment, Coinbase, Lordstown Motors, Bumble, Palantir, Disney, Airbnb e DoorDash devem relatar seus balanços trimestrais nesta semana.

ÍNDICES FUTUROS – 7h40:
Dow: -0,34%
SP500: -0,14%
NASDAQ100: +0,10%

COMMODITIES:
MinFe Dailan: -4,43%
Brent: -3,85%
WTI: -4,07%
Soja: -0,06%
Ouro: -1,10%
Bitcoin: +4,26%

OBSERVAÇÃO: Este material é um trabalho voluntário, resultado da compilação de dados divulgados em diversos sites da internet que são aqui resumidos de maneira didática para facilitar e agilizar a compreensão do leitor. O texto da sessão asiática está no tempo passado, enquanto a europeia e a americana estão no presente devido ao horário em que este relatório é redigido. Atentem-se para o horário de disponibilização dos dados. O texto não é indicação de compra ou venda de ativos.

Deixe um comentário