Petróleo fecha em alta na medida em que a demanda melhora e a escassez de oferta persiste em algumas áreas

LinkedIn

Os preços dos contratos futuros de petróleo fecharam o pregão em alta de mais de 1%, em sua terceira semana de ganhos consecutiva, na medida em que a demanda melhorou e a escassez de oferta persiste em algumas áreas.

Os estoques de petróleo dos Estados Unidos continuaram caindo e a produção no país permaneceu baixa devido ao furacão Ida e outras tempestades. Segundo empresas petrolíferas norte-americanas, as disrupções podem durar meses em alguns casos.

“À medida que a semana termina, a recuperação nos mercados de petróleo atraiu nossa atenção. Os preços do petróleo WTI terminaram mais uma de ganhos, graças a uma redução nos estoques de petróleo dos Estados Unidos”, disse o analista do FXTM Lukman Otunuga.

Além disso, o relatório mais recente da Agência Internacional de Energia (AIE) prevê que “forte demanda reprimida e o progresso contínuo nos programas de vacinação deve sustentar uma recuperação robusta do quarto trimestre de 2021.” A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) também aumentou recentemente sua previsão de demanda para 2022.

Com isso, o preço do contrato do petróleo WTI negociado na Nymex com entrega para outubro subiu 1,01%, cotado a US$ 73,98 o barril, encerrando a semana com alta de 2,79%. Já o preço do contrato do Brent negociado na plataforma ICE, com entrega para novembro avançou 2,1%, cotado a US$ 78,90 o barril, acumulando alta de 3,65% na semana.

Informações Agência CMA

Deixe um comentário