Acionistas da Alliar assinam contrato para venda de controle a Nelson Tanure

LinkedIn

O grupo de acionistas controladores da empresa de diagnósticos médicos Alliar (detentores de uma participação de 53%) e a MAM Asset Management, empresa do investidor Nelson Tanure, assinaram nesta tarde o contrato de compra e venda da companhia, segundo fontes de mercado.

Nessa compra, Tanure pode desembolsar até R$ 1,2 bilhão, montante que corresponde à aquisição de todas as cerca de 62 milhões de ações detidas pelo grupo de controladores. A operação pode ter seu valor reduzido caso algum acionista decida não vender a totalidade de suas ações.

Segundo fontes, o acordo prevê que os vendedores poderão, até 5 dias antes do fechamento, optar por vender apenas uma parcela da sua participação. O fechamento da negociação deve acontecer em 60 dias. Agora, aguarda a aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Resta saber se os acionistas do bloco de controle vão vender a integralidade dos seus papéis. Se isso acontecer, Tanure passará a deter 83% da Alliar (BOV:AALR3). O empresário já possui fatia de aproximadamente 30%, dos quais 25% foram comprados da gestora de recursos Pátria, e os cerca de 5% restantes foram adquiridas via Bolsa.

No mês passado, os acionistas controladores aceitaram a proposta de compra vinda da MAM Asset oferecendo o valor de R$ 20,50 por ação. Essa proposta foi formulada no dia 18 de novembro. O preço representa um prêmio de 65,5% sobre a cotação do papel em 17 de novembro, último pregão antes da proposta.

Informações Broadcast

Deixe um comentário