Ecorodovias assina aditivo com governo paulista para reequilíbrio econômico dos contratos de concessão

LinkedIn

A Ecorodovias e suas controladas Ecorodovias Concessões e Serviços, Ecovias dos Imigrantes e Ecopistas, assinaram Termo Aditivo Modificativo (TAM) coletivo com o estado de São Paulo e a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) para disciplinar o reequilíbrio econômico-financeiro dos contratos de concessão, em razão da não aplicação do reajuste tarifário de 11,7% previsto para 1º julho de 2022.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:ECOR3) nesta quinta-feira (18).

O reequilíbrio ocorrerá por meio de pagamentos bimestrais, a serem realizados pelo Poder Concedente às Concessionárias no último dia útil dos meses de agosto, outubro e dezembro de 2022, relativo ao montante da receita que deixou de ser arrecadado dos seguintes períodos: 1º de julho a 15 de agosto; 16 de agosto a 15 de outubro; e 16 de outubro a 15 de dezembro de 2022.

O acordo ainda prevê que o reajuste das tarifas de pedágio de 11,7% será aplicado até 16 de dezembro de 2022.

Informações Infomoney

Deixe um comentário