Restoque conclui reestruturação da dívida

LinkedIn

A Restoque, grupo de moda dono de marcas como Le Lis Blanc, Bo.Bô, Dudalina e Rosa Chá, deu o último passo necessário para equacionar sua estrutura de capital e partir para uma nova etapa menos turbulenta. A informação é do Valor.

Conforme o jornal, o aumento de capital, homologado na quinta-feira à noite pelo conselho de administração, será de R$ 1,64 bilhão – R$ 57 milhões acima do que a companhia esperava – com conversão de 93% da dívida em ações. Os debenturistas tinham a opção de converter a totalidade da posição ou 75% e o resto em nova dívida. A ação será emitida a R$ 2,10.

Também disse que em bolsa, o papel vale hoje R$ 1,88 – e subiu 4,44% na sexta-feira com a conclusão da reestruturação financeira.

E acrescentou que a dívida total sai de R$ 1,76 bilhão para R$ 130 milhões. “Com esse procedimento final, a companhia emite uma nova debênture, com oito anos de prazo e três de carência, e a alavancagem sai de um patamar de quase 10 vezes para 0,6”, disse Marcelo Faria de Lima, chairman da Restoque, ao Pipeline. A nova debênture tem custo de CDI mais 1,1%.

Informações Euqeuroinvestir

Deixe um comentário