ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for default Cadastre-se gratuitamente para obter cotações em tempo real, gráficos interativos, fluxo de opções ao vivo e muito mais.

Ações da Target reagem na terça-feira: Influências, desafios e perspectivas futuras

LinkedIn

As ações da Target (NYSE:TGT) experimentaram uma ascensão promissora na terça-feira (10), um sinal positivo para a companhia varejista americana que vinha enfrentando turbulências. Na terça-feira, as ações da Target apresentam uma valorização de 3,6%, atingindo US$ 109,62. Essa foi a maior alta percentual desde 11 de novembro de 2022, quando teve um incremento de 5,4%, conforme dados da Dow Jones Market Data.

A Target também é negociada na B3 através do ticker (BOV:TGTB34).

Ainda é incerto o que motivou essa alta na terça-feira, mas alguns eventos recentes podem ter influência. Recentemente, a empresa finalizou sua campanha de promoções de outono denominada “Circle Week”, realizada entre os dias 1º e 7 de outubro. Esse evento ocorreu antes do “Prime Big Deal Days” da Amazon.com, programado para terça e quarta-feira. A Target, no entanto, ainda não revelou números de vendas dessa campanha.

Apesar da alta recente, a Target enfrentou uma queda de 26% no valor de suas ações negociadas em Nova Iorque este ano. A empresa passou por diversas adversidades. Em setembro, decidiu encerrar atividades em nove estabelecimentos localizados em grandes centros urbanos, devido ao crescente índice de roubos e criminalidade. Em nota no dia 26 de setembro, a Target alegou preocupação com a segurança de seus funcionários e clientes.

Além disso, a varejista registrou queda no crescimento de vendas de suas lojas já estabelecidas. Uma controvérsia recente sobre sua linha de produtos LGBTQ+, lançada em maio para celebrar o Mês do Orgulho LGBT de junho, também pesou em seus resultados.

Para enfrentar tais desafios, Greg Melich, analista da Evercore ISI, sugeriu que a empresa deveria focar em merchandising. “A chave no varejo é oferecer produtos que atendam ao desejo do cliente a preços atrativos, atraindo mais consumidores”, mencionou em uma entrevista à Barron’s.

A temporada festiva se aproxima e as expectativas não são tão otimistas. A Mastercard projeta que o crescimento das vendas no varejo seja de 3,7% neste período festivo, que compreende de 1º de novembro a 24 de dezembro, um valor inferior aos 7,6% registrados em 2022, conforme reportado pela Barron’s.

Se essas projeções se confirmarem, é possível que as ações da Target sigam enfrentando dificuldades ao longo do ano.

Deixe um comentário