ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for smarter Negocie de forma mais inteligente, não mais difícil: Libere seu potencial com nosso conjunto de ferramentas e discussões ao vivo.

Petróleo fecha em queda, com aumento de estoques nos EUA

LinkedIn

As cotações do petróleo passaram parte da sessão em alta, recuperando-se das fortes perdas das duas últimas sessões, mas no fim do dia devolveram os ganhos.

Entre os fatores de pressão negativa estão o aumento dos estoques nos EUA, tanto pelo país quanto no centro de armazenamento de Cushing, segundo relatório do DoE.
O spread entre os contratos de curto prazo do WTI diminuiu para US$ 0,35, um sinal de que os traders estão menos preocupados com a disponibilidade imediata de óleo bruto. Outro fator foi a abertura da fronteira entre Gaza e Egito hoje, permitindo que centenas de estrangeiros deixem a região.

É o primeiro desenvolvimento deste tipo desde que Israel iniciou a sua invasão terrestre. O anúncio ajudou a eliminar os prémios de risco de guerra adicionais, segundo a Bloomberg.

No fechamento, o contrato Brent (CCOM:OILBRENT) para janeiro caiu 0,46%, a US$ 84,63 por barril, na ICE. O WTI (CCOM:OILCRUDE) para dezembro recuou 0,71%, a US$ 80,44 por barril, na Nymex.

Deixe um comentário