ADVFN Logo

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Registration Strip Icon for discussion Cadastre-se para interagir em nossos fóruns de ativos e discutir com investidores ideias semelhantes.

ZAMP: Mubadala pede AGE para discutir saída da companhia do Novo Mercado da B3

LinkedIn

A Zamp recebeu pedido formal da MC Brazil F&B Participações, sociedade que faz parte do portfólio de sociedades, fundos de investimento e negócios indiretamente detidos, controlados ou geridos pela Mubadala Capital LLC e suas afiliadas, acionista titular de ações correspondentes a aproximadamente 30,4% do capital social da companhia, solicitando a convocação de assembleia geral extraordinária.

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:ZAMP3) nesta segunda-feira (20).

O objetivo é deliberar sobre a saída voluntária da Zamp do Novo Mercado da B3 (BOV:B3SA3), com a dispensa da realização de oferta pública de aquisição de ações (OPA), com a consequente migração da companhia para o segmento básico de listagem da B3; e a reforma e consolidação do Estatuto Social da Zamp, sujeita à aprovação da saída do Novo Mercado.

“O conselho de administração avaliará a solicitação de convocação recebida, observados os prazos legal e estatutário aplicáveis”, afirmou a Zamp em um fato relevante enviado ao mercado na noite de segunda-feira, 20.

“A MC Brazil considera que a participação da companhia no Novo Mercado da B3 atualmente limita algumas das alternativas disponíveis para o financiamento e a expansão das suas atividades, impondo entraves que, a nossos ver, superam os potenciais benefícios provenientes da listagem naquele segmento especial”, afirmou a MC Brazil em uma carta enviada à Zamp.

A MC destacou que a saída voluntária incrementará o leque de alternativas à disposição da companhia para viabilizar o seu crescimento e o financiamento das suas atividades, incluindo, mas não se limitando a possibilidade de promover a captação de recursos por meio da emissão de açõ es preferenciais; a realização de operações de combinação de negócios com empresas nacionais e estrangeiras que possuam negócios sinérgicos com os da Zamp e que atualmente não integram o Novo Mercado; e a eventual migração de sua listagem principal para mercados estrangeiros.

A MC sugere que sejam mantidas nos Estatuto Social da Zamp a previsão de cláusula arbitral para a resolução de eventuais conflitos; composição do conselho de administração com, no mínimo, dois conselheiros independentes ou 20%, o que for maior; tag along de 100% para todos os acionistas titulares de ações ordinárias ou preferenciais (caso venham a ser emitidas); entre outras.

Informações Financenews

Deixe um comentário

Ao acessar os serviços da ADVFN você estará de acordo com os Termos e Condições

Support: (11) 4950 5808 | suporte@advfn.com.br