ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for tools Aumente o nível de sua negociação com nossas ferramentas poderosas e insights em tempo real, tudo em um só lugar.

Resultados financeiros da United Airlines: Desempenho sólido apesar dos desafios do setor

LinkedIn

As Companhias Aéreas dos Estados Unidos enfrentam um desafio financeiro no primeiro trimestre devido ao encalhe dos aviões Boeing 737 Max 9 pela FAA. Na segunda-feira, a United Airlines (NASDAQ:UAL) divulgou uma previsão sombria, projetando uma perda ajustada de 35 a 85 centavos por ação nos próximos três meses.

A United Airlines também é negociada na B3 através da BDR (BOV:U1ÀL34).

Essa previsão vem logo após o incidente ocorrido em 5 de janeiro, quando uma peça explodiu durante um voo da Alaska Airlines operado com um desses aviões. A ordem de suspensão da FAA afetou diretamente a United, que possui 79 dessas aeronaves em sua frota, mais do que qualquer outra transportadora.

Ambas as companhias aéreas tiveram que cancelar centenas de voos este mês, enquanto os aviões permanecem em terra para inspeção. Vale ressaltar que o modelo 737 Max 8, amplamente utilizado pela United, American e Southwest, não foi afetado pela ordem de paralisação.

Essa advertência da United Airlines para o primeiro trimestre surge após um período de férias relativamente forte. Surpreendentemente, as ações da companhia aérea subiram mais de 7% nas negociações após o expediente.

Em relação aos resultados financeiros do último trimestre de 2023, a United registrou um lucro líquido de US$ 600 milhões, representando uma queda de quase 29% em comparação com o ano anterior. No entanto, a receita total foi de US$ 13,63 bilhões, um aumento de quase 10% em relação ao ano anterior, superando as expectativas dos analistas. Ao ajustar para itens extraordinários, o lucro da United no quarto trimestre ficou em US$ 2 por ação, uma leve redução em relação aos US$ 2,46 do ano anterior.

O CEO da United Airlines, Scott Kirby, destacou: “Apesar dos ventos contrários imprevisíveis, cumprimos nossa ambiciosa meta de EPS que poucos pensavam ser possível – e estabelecemos novos recordes operacionais para nossos clientes”.

A empresa também elogiou a forte demanda por viagens no final do ano passado e as reservas sólidas até o momento em 2024. Para todo o ano de 2024, a United prevê lucros ajustados entre US$ 9 e US$ 11 por ação, alinhando-se com as estimativas dos analistas.

Os executivos da United Airlines enfrentarão perguntas sobre a compensação da Boeing pela suspensão dos Boeing 737 Max 9 durante a teleconferência de resultados programada para terça-feira, às 10h30, horário do leste dos EUA. A Alaska Airlines também reportará seus resultados antes da abertura do mercado na quinta-feira, enquanto a Boeing divulgará seus resultados em 31 de janeiro.

Deixe um comentário