ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for pro Negocie como um profissional: Aproveite discussões em tempo real e ideias que movimentam o mercado para superar a concorrência.

Aura Minerals (AURA33): prejuízo líquido de US$ 5,9 milhões no 4T23

LinkedIn

A Aura Minerals registrou prejuízo líquido de US$ 5,9 milhões no quarto trimestre de 2023, revertendo lucro líquido de US$ 12,3 milhões de um ano antes.

O lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado foi de US$ 40,9 milhões, alta anual de 11,8%. A margem Ebitda ajustada caiu 1,7 p.p. (pontos percentuais), para 32,9%.

Segundo a Aura, a melhora no Ebitda do trimestre se deu principalmente pelo aumento do volume produzido em três das quatro minas em operação e por um preço do ouro mais favorável.

A receita líquida somou US$ 124,3 milhões no quarto trimestre do ano passado, crescimento de 17,5% na comparação com igual etapa de 2022.

O lucro bruto atingiu a cifra de US$ 40,1 milhões no quarto trimestre de 2023, um aumento de 28,7% na comparação com igual etapa de 2022. A margem bruta foi de 32,3% no 4T23, alta de 2,8 p.p. frente a margem do 4T22.

As Despesas Operacionais no 4T23 foram de US$ 8,5 milhões, queda de 14% e 35% em relação ao 3T23 e ao 4T22, respectivamente, devido principalmente a ajustes contábeis não recorrentes.

O resultado financeiro líquido foi negativo em US$ 42 milhões no quarto trimestre de 2023, uma elevação de 1362,2% sobre as perdas financeiras da mesma etapa de 2022.

Em 31 de dezembro de 2023, a dívida líquida da companhia era de US$ 85,2 bilhões, uma redução de US$ 34,2 milhões em relação aos US$ 112,1 milhões do trimestre anterior.

O indicador de alavancagem financeira, medido pela dívida líquida/Ebitda ajustado, ficou em 0,64 vez em dezembro/23, alta de 0,05 p.p. em relação ao mesmo período de 2022.

Os resultados da Aura (BOV:AURA33) referentes às suas operações do quarto trimestre de 2023 foram divulgados no dia 21/02/2024.

* Com informações da ADVFN, RI das empresas, Valor, Infomoney, Estadão

Deixe um comentário