ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for discussion Cadastre-se para interagir em nossos fóruns de ativos e discutir com investidores ideias semelhantes.

Futuros dos EUA estáveis, com Wall Street confirmando o bom desempenho em 2024

LinkedIn

Bem-vindo à sua leitura matinal de três minutos de como os mercados estão reagindo ao redor do mundo nesta manhã.

ÁSIA: Os mercados asiáticos fecharam sem direção na quinta-feira, enquanto as ações australianas atingiram um recorde,

Na Austrália, o S&P/ASX 200 terminou 0,99% mais alto, em 7.896,90 pontos, após atingir um recorde intradiário de 7.901,20 pontos. O índice subiu pelo segundo dia consecutivo, ajudadas pelo impulso das ações de mineração, incluindo Rio Tinto com alta de 1% e BHP avançando 1,8%, enquanto Fortescue subiu 2,1%, BlueScope Steel somou 3,9%, Mineral Resources e Newmont registraram alta de 3,6% cada. A produtora de petróleo e gás Beach Energy saltou 3,5% depois de revelar planos de cortar cerca de 30% de sua força de trabalho para reverter seu desempenho. Santos e Woodside Energy avançaram 0,7% e 0,5%, respectivamente. O mercado local ganhou 3,5% nos últimos três meses, em meio às esperanças de cortes de juros ainda este ano, o que reduziria os custos dos empréstimos e poderia impulsionar a demanda. O mercado foi ajudado pelos dados de vendas no varejo de fevereiro, que vieram ligeiramente mais fracos do que o esperado, com alta de 0,3% na comparação mensal, em uma indicação de que a economia está esfriando. O Banco Central está procurando sinais de queda da inflação para começar a cortar as taxas de juros.

O CSI 300 da China, que agrupa as maiores empresas listadas em Shanghai e Shenzhen, subiu 0,52%, para 3.520,96 pontos. Foi relatado que o banco central da China poderá reiniciar a compra de títulos do tesouro, uma ferramenta de política monetária não utilizada por mais de duas décadas.

O índice Hang Seng de Hong Kong subiu 0,91%, em 16.541,42 pontos, com o índice tecnológico Hang Seng subindo 2,5%.

O Nikkei do Japão caiu 1,46% para 40.168,07 pontos. O iene japonês negociou a 151,41 em relação ao dólar, um dia depois de atingir 151,97, seu nível mais fraco em relação ao dólar em 34 anos, alimentando a especulação sobre uma potencial intervenção governamental para apoiar a moeda. O ministro das finanças do Japão, Shunichi Suzuki, indicou no início da semana que medidas para “responder à movimentos cambiais desordenados” não seriam descartadas.

O Kospi da Coreia do Sul terminou em queda de 0,3%, em 2.745,82 pontos.

EUROPA: Os mercados europeus sobem na manhã de quinta-feira, recuperando do fraco dinamismo do início desta semana.

O índice regional Stoxx 600 sobe 0,3% no meio da sessão matinal, com a maioria dos setores no verde.

O alemão DAX 30 sobe 0,2% e o francês CAC 40 avança 0,6%.

Em Londres, o FTSE 100 sobe 0,4%. Entre as mineradoras listadas na LSE, Anglo American sobe 0,3%, Antofagasta sobe 1,8%, enquanto as gigantes BHP e Rio Tinto sobem 1% cada. A petrolífera BP sobe 0,3%.

Os números do produto interno bruto confirmaram que a economia do Reino Unido entrou em recessão em 2023, com uma contracção de 0,3% no último trimestre. Enquanto isso, a agência de estatísticas da Alemanha disse que o emprego subiu ligeiramente em fevereiro.

EUA: Os futuros dos índices de ações dos EUA negociam perto da linha plana na manhã de quinta-feira, com o S&P 500 se aproximando de seu melhor desempenho no primeiro trimestre em cinco anos.

Na sessão regular de quarta-feira, o S&P 500 ganhou 0,86% para fechar em uma alta recorde, em 5.248,49 pontos. O Dow Jones avançou 477,75 pontos, fechando em 39.760,08 pontos, ou alta de 1,22%, seu melhor dia em 2024. O Nasdaq Composite, de alta tecnologia, por sua vez, somou 0,51%, fechando em 16.399,52 pontos.

Os principais índices estão caminhando para o segundo trimestre consecutivo de altas e o quinto mês consecutivo de vitórias. No trimestre, o S&P 500 subiu cerca de 10% e está a caminho do seu melhor ganho no primeiro trimestre desde 2019, quando subiu 13,1%. O Dow de 30 ações subiu 5,5% durante o período e está buscando seu desempenho mais forte no primeiro trimestre desde 2021, quando avançou 7,4%. O Nasdaq subiu 9,3% no trimestre até agora. Mensalmente, o S&P 500 sobe 3%. O Nasdaq e o Dow caminham para avanços superiores a 1,9% cada um.

Os rendimentos do Tesouro dos EUA sobem na quinta-feira, à medida que os investidores consideram o caminho a seguir para as taxas de juro, após os últimos comentários dos responsáveis ​​do Federal Reserve, antes dos principais dados econômicos. Os rendimentos e os preços movem-se em direções opostas.

Os investidores avaliam as perspectivas para a política monetária e aguardaram dados econômicos relevantes nesta semana, uma vez que persiste a incerteza sobre quando e com que frequência as taxas de juro serão reduzidas este ano. A expectativa dos mercados é para uma chance de cerca de 60% de que as taxas sejam reduzidas em junho, segundo a ferramenta FedWatch do CME Group.

O governador do Federal Reserve, Christopher Waller, disse na quarta-feira que “não há pressa” em cortar as taxas de juros, acrescentando que dados econômicos recentes indicaram que as taxas podem precisar permanecer elevadas por mais tempo. Waller disse que os dados mostraram “que é prudente manter esta taxa na sua atual posição restritiva, talvez por mais tempo do que se pensava anteriormente, para ajudar a manter a inflação numa trajetória sustentável em direção à meta de 2%”.

Os dados de gastos e receitas pessoais também estão previstos para sexta-feira. Antes disso, os pedidos iniciais semanais de seguro-desemprego, a leitura final do produto interno bruto dos EUA para o quarto trimestre e os insights sobre o sentimento do consumidor são esperados na quinta-feira.

Nesta quinta-feira, os investidores estaarão aguardando dados sobre pedidos de auxílio-desemprego, produto interno bruto e sentimento do consumidor, que serão divulgados às 9h30.

Embora o mercado esteja fechado devido à Sexta-Feira Santa, espera-se que novos dados de inflação sejam divulgados na sexta-feira na forma do índice de preços de despesas de consumo pessoal, que é o indicador de inflação preferido do Fed.

CRIPTOMOEDAS:
Bitcoin: +0,83% US $ 70.634,10
Etereum: +0,33% US $ 3.584,47

ÍNDICES FUTUROS – 7h30:
Dow: +0,01%
S&P 500: +0,05%
NASDAQ: -0,01%

%COMMODITIES:
MinFe: -0,85%
Bent: +0,75%
WTI: +0,92%
Soja: -0,22%
Ouro: +0,69%

OBSERVAÇÃO: Este material é um trabalho voluntário, independente, resultado da compilação de dados divulgados em diversos sites da internet que são aqui resumidos de maneira didática para facilitar e agilizar a compreensão do leitor. O texto da sessão asiática está no tempo passado, enquanto a europeia e a americana estão no presente devido ao horário em que este relatório é redigido. Atentem-se para o horário de disponibilização dos dados. O texto não é indicação de compra, manutenção ou venda de ativos.

Deixe um comentário