ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for default Cadastre-se gratuitamente para obter cotações em tempo real, gráficos interativos, fluxo de opções ao vivo e muito mais.

IA e novas aquisições impulsionam otimismo de potencial ascensão das ações da Broadcom

LinkedIn

Com um desempenho impressionante, as ações da Broadcom Inc. (NASDAQ:AVGO) registraram um aumento superior a 100% nos últimos doze meses, refletindo o crescente entusiasmo de Wall Street com os investimentos da empresa no campo da inteligência artificial (IA). Este avanço notável pode ser apenas o começo, conforme analisado por Ross Seymore do Deutsche Bank, que aponta três catalisadores primordiais que podem elevar ainda mais o valor das ações.

A ampliação do portfólio de IA da Broadcom é um dos principais motores desse otimismo. A empresa já é uma colaboradora essencial para gigantes tecnológicos como Alphabet Inc. e Meta Platforms Inc., fornecendo soluções de silício personalizadas que atendem às demandas crescentes por eficiência energética e redução do custo total de propriedade em aplicações de IA. Com a adição de um terceiro cliente significativo, cuja identidade permanece em sigilo, a Broadcom reforça ainda mais sua posição neste segmento em expansão.

Além do impulso na IA, a recente aquisição da VMware pela Broadcom apresenta novas oportunidades de crescimento. Esta integração promete inovações, especialmente em IA, através de programas que garantem a segurança do processamento de IA diretamente no ambiente do cliente, eliminando a necessidade de externalização. Tal avanço é vital para a preservação da integridade e da privacidade dos dados em operações sensíveis.

No entanto, apesar dos avanços significativos e do potencial indiscutível, a Broadcom não está imune aos desafios cíclicos que permeiam a indústria de semicondutores. Seymore adverte sobre os “ventos contrários cíclicos substanciais” que a empresa pode enfrentar fora do domínio da IA. Apesar desses desafios, há sinais de recuperação em certas áreas, como conectividade de banda larga e armazenamento de servidor, que podem começar a mostrar melhoria já nos próximos trimestres.

Com base nessa análise abrangente, Seymore reafirma sua recomendação de compra para as ações da Broadcom, estabelecendo um preço-alvo ambicioso de US$ 1.500. O fechamento recente das ações a US$ 1.336 sugere um potencial de valorização significativo, ancorado tanto nas inovações tecnológicas quanto nas estratégias empresariais da Broadcom.

A Broadcom também é negociada na B3 através da BDR (BOV:AVGO34).

Deixe um comentário