ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for smarter Negocie de forma mais inteligente, não mais difícil: Libere seu potencial com nosso conjunto de ferramentas e discussões ao vivo.

Os futuros dos EUA operam sem ímpeto após o Nasdaq renovar sua máxima histórica

LinkedIn

RESENHA DA BOLSA – TERÇA-FEIRA 21/05/2024

Bem-vindo à sua leitura matinal de três minutos de como os mercados estão reagindo ao redor do mundo nesta manhã.

ÁSIA: As bolsas asiáticas fecharam em baixa nesta terça-feira.

O índice Hang Seng de Hong Kong caíu 2,12%, terminando em 19.220,62 pontos, liderando as perdas nos mercados da Ásia, com a queda das ações de materiais básicos e industriais.

Na China continental, o CSI 300, que agrupa as maiores empresas listadas em Shanghai e Shenzhen, caiu 0,4%, terminando em 3.676,16 pontos, recuando de uma alta de oito meses.

O Kospi da Coreia do Sul caiu 0,65% para terminar em 2.724,18 pontos.

O Nikkei do Japão reverteu os ganhos iniciais, terminando em queda de 0,31%, para 38.946,93 pontos.

O S&P/ASX 200 da Austrália caiu 0,15% e terminou em 7.851,70 pontos, enquanto os investidores avaliavam a ata da reunião de maio do banco central, que revelou que o RBA considerou aumentar as taxas devido a riscos de inflação mais elevados. Os membros observaram que a inflação na Austrália diminuiu menos do que o esperado e que o crescimento econômico e a inflação em nível internacional estavam excedendo as expectativas. Os membros do conselho do RBA também concordaram que as informações econômicas desde a reunião de Abril aumentaram os riscos de a inflação permanecer acima da meta por mais tempo. O RBA deixou a taxa à vista inalterada em 4,35%. A mineradora BHP subiu 0,3%, enquanto as rivais Rio Tinto e Fortescue Metals recuaram 1,4% e 1,3%, respectivamente. Entre as petrolíferas, Santos caiu 0,1% e Woodside Energy cedeu 0,3%.

EUROPA: Os mercados europeus caem na terça-feira, revertendo o sentimento positivo visto no início da semana.

O índice Stoxx 600 cai 0,9% no final da sessão matinal. Todos os setores ficaram inicialmente no vermelho antes que as ações do setor de saúde subissem, com a AstraZeneca
ações subindo 0,6% depois que a gigante farmacêutica anunciou planos para quase dobrar a receita até 2030. Os bancos lideraram as perdas.

O alemão DAX 30 cai 0,4% e o francês CAC 40 recua 0,9%.

Em Londres, o FTSE 100 cai 0,4%. Entre as mineradoras listadas na LSE, Anglo American cai 0,8%, Antofagasta perde 0,4%, enquanto as gigantes BHP e Rio Tinto cedem 0,4% cada. A petrolífera BP cai 1,1%.

EUA: Os futuros dos índices de ações dos EUA operam próximo da estabilidade ​​na manhã de terça-feira, após o Nasdaq Composite renovar o seu pico histórico.

Em um dia misto em Wall Street, o Nasdaq Composite atingiu uma nova alta de fechamento, subindo cerca de 0,65%, em 16.794,87 pontos. A alta foi garantida pela Nvidia, que subiu 2,5% enquanto os investidores aguardam o relatório trimestral na quarta-feira do titã da inteligência artificial. O S&P 500 subiu 0,09%, em 5.308,13 pontos, mas o Dow caiu 0,49%, perdendo o nível de 40.000 pontos, em 39.806,77 pontos. O índice de 30 ações foi arrastado para baixo por uma queda de 4,5% no JPMorgan, depois que o CEO Jamie Dimon disse que sua aposentadoria pode ser mais cedo do que o esperado e que o gigante financeiro não recompraria muitas ações pelos preços atuais.

Os rendimentos do Tesouro dos EUA pouco mudam na manhã de terça-feira, com os investidores considerando o caminho a seguir para a inflação e as taxas de juros, após uma série de comentários dos palestrantes do Federal Reserve.

Os porta-vozes do Federal Reserve reiteraram na segunda-feira a cautela sobre a inflação e se ela está voltando para a meta de 2% do banco central. “É muito cedo para dizer se a recente desaceleração do processo desinflacionário será duradoura”, disse o vice-presidente do Fed, Philip Jefferson, enquanto o vice-presidente de supervisão do Fed, Michael Barr, disse que os dados recentes da inflação não lhe deram a confiança que procurava sobre a flexibilização da inflação.

No início deste mês, o índice de preços ao consumidor de Abril refletiu aumentos de preços de 0,3% numa base mensal e de 3,4% em relação ao ano anterior. O valor mensal ficou um pouco abaixo das estimativas, enquanto a leitura anual ficou em linha com as expectativas. “Precisaremos dar mais algum tempo à nossa política restritiva para continuar seu trabalho”, disse Barr. Isto ocorre porque a incerteza sobre quando o Fed poderá começar a cortar as taxas persiste entre os investidores. Eles esperam obter novos “insights” sobre o pensamento dos legisladores esta semana, com vários funcionários do Fed programados para fazer comentários e atas da última reunião do Fed prevista para serem publicadas.

Nesse sentido, os investidores irão monitorizar hoje os discursos de vários oradores do Federal Resesrve, incluindo o governador Christopher Waller, o presidente do Fed de Richmond, Tom Barkin, o presidente do Fed de Atlanta, Raphael Bostic, Michael Barr, vice-presidente de supervisão da autoridade monetária e a presidente do Federal Reserve de Cleveland, Loretta Mester. Os invetidores seguirão atentos a quaisquer “insights” sobre a trajetória futura das taxas de juros.

No que diz respeito aos balanços, os investidores seguirão os relatórios esperados das varejistas Lowe’s e Macy’s, antes do sino de abertura.

Na agenda dos dados econômicos, dados sobre o setor não-industrial serão divulgados na terça-feira, enquanto os números de vendas de casas novas e existentes e os dados de encomendas de bens duráveis ​​ainda serão divulgados nesta semana.

CRIPTOMOEDAS:
Bitcoin: +6,39% US $ 71.176,40
Etereum: +20,36% US $ 3.728,15

ÍNDICES FUTUROS – 7h40:
Dow: +0,02%
S&P 500: +0,02%
NASDAQ: -0,08%

COMMODITIES:
MinFe: +1,68%
Bent: -1,31%
WTI: -1,29%
Soja: -0,88%
Ouro: -0,75%

OBSERVAÇÃO: Este material é um trabalho voluntário, independente, resultado da compilação de dados divulgados em diversos sites da internet que são aqui resumidos de maneira didática para facilitar e agilizar a compreensão do leitor. O texto da sessão asiática está no tempo passado, enquanto a europeia e a americana estão no presente devido ao horário em que este relatório é redigido. Atentem-se para o horário de disponibilização dos dados. O texto não é indicação de compra, manutenção ou venda de ativos.

Gratuito - Quero ver a lista de criptomoedas - clique no banner

Deixe um comentário