A Auren Energia anunciou a inauguração de uma usina no Piauí que combina geração solar fotovoltaica e eólica, a primeira do tipo aprovada pela agência Aneel no âmbito de um novo arcabouço regulatório para projetos híbridos de geração.

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:AURE3) nesta terça-feira (28).

Localizado em Curral Novo (PI), o projeto Sol do Piauí tem capacidade inicial para gerar 48,1 megawatts (MW) e recebeu 255 milhões de reais em investimentos.

A usina se enquadra no modelo “associado”, isto é, quando as fontes solar e eólica geram a energia separadamente e compartilham a mesma subestação de transmissão de energia que conecta as plantas ao Sistema Interligado Nacional (SIN).

No caso do projeto da Auren, será utilizada a subestação que já atende o parque eólico Ventos do Piauí I, que fica em terreno ao lado da nova usina.

Esse modelo, assim como o “híbrido”, traz ganhos de eficiência aos empreendedores e mais segurança ao sistema elétrico, apontou o CEO da Auren Energia, Fabio Zanfelice.

“Além de evitar investimentos incrementais com estrutura adicional de transmissão, essa nova modalidade de geração complementa a geração eólica ao longo do dia ampliando a utilização da capacidade de transporte da rede existente e reduzindo custos de operação e manutenção”, afirmou, em nota.

Na região onde os parques da Auren estão localizados, a produção das eólicas ocorre majoritariamente no período noturno, em virtude da característica dos ventos. Ao complementar o parque com placas solares, que geram durante o dia, a companhia consegue obter uma curva de geração mais estável.

informações Reuters
Auren Energia ON (BOV:AURE3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Mar 2024 até Abr 2024 Click aqui para mais gráficos Auren Energia ON.
Auren Energia ON (BOV:AURE3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Abr 2023 até Abr 2024 Click aqui para mais gráficos Auren Energia ON.