Resultado da Copel veio acima do esperado afirma Concórdia

LinkedIn

A equipe de analistas da corretora Concórdia, formada por Karina Freitas, Daniela Martins e Danilo de Julio, fez uma análise do resultado do segundo trimestre de 2015 (2T15).

Os números da Copel vieram acima das expectativas do mercado, com o segmento de distribuição revertendo a contribuição negativa dada aos resultados do 2T14. Forte evolução da primeira linha, combinada à receita financeira líquida quase três vezes superior e maior reconhecimento em equivalência patrimonial, favoreceu o lucro líquido no período. A estratégia de sazonalização da companhia, diferente de um ano antes, refletiu em menor receita de suprimento, contudo, reajuste/revisão tarifária e crescimento do consumo no mercado cativo, levaram ao crescimento da receita de fornecimento, explicando o avanço na primeira linha, que contou ainda com o registro de ativos e passivos financeiros setoriais, no valor de R$ 478,1 milhões. Os gastos operacionais, por sua vez, mostraram forte acréscimo (+27,9%), influenciados por custos com energia comprada e encargos, aliados ao aumento em pessoal, matéria-prima e serviços de terceiros, além da significativa expansão em provisões. Com isto, o Ebitda foi 5,7% superior em relação ao 2T14, mas com perda de 2,4 p.p. na margem. Já o lucro líquido, beneficiado pelos fatores mencionados no início, mostrou alta de 29,6%, somando R$ 275,3 milhões. Nosso viés segue neutro para os ativos CPLE6.

Deixe um comentário