IPC-Fipe acelera 0,88% em outubro

LinkedIn

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação da cidade na cidade de São Paulo, registrou alta de 0,88% em outubro, ante 0,66% em setembro, apontou hoje a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). Com isso, o índice acumula alta de 9,01% no ano e de 10,1% em 12 meses.

O grupo Alimentação acelerou para alta de 1,31%, ante recuo de 0,04% no mesmo período de setembro. O destaque foi para o aumento dos preços das carnes bovinas, de 0,65%, ante 0,08%. Já o grupo Transportes avançou 1,55%, ante 0,14% em setembro. puxado pelo reajuste nos preços da gasolina, de 6,12% ante 4,74%, e do etanol, de 16,32% ante 13,73%.

O grupo Habitação ajudou a conter a inflação na cidade de São Paulo, pois desacelerou a alta de 0,35%, ante alta de 1,38% em setembro. A desaceleração foi puxada pelo recuo de 0,31% nos preços de energia elétrica e pela desaceleração do botijão de gás (2,74% ante 4,72%), água/esgoto (0,03% ante 0,81%) e conta de telefone fixo (0,69% ante 1,19%).

Projeção

A expectativa da consultoria MCM é que a inflação em São Paulo ceda em novembro, em virtude do início da dissipação dos impactos dos aumentos dos combustíveis ocorridos em outubro. A projeção é de que o IPC-Fipe suba 0,85% na primeira quadrissemana do mês e encerre novembro em alta de 0,70%.

Deixe um comentário