Impeachment: Petrobras dispara com possível queda da presidente

LinkedIn

Os ADRs da Petrobras (NYSE:PBR) dispararam ontem no final do pregão da bolsa de valores de Nova Iorque, fechando o dia em alta de 4,2%, com a abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Para alguns analistas, o movimento mostra otimismo dos investidores com a notícia e poderá refletir positivamente nos papéis da companhia no mercado brasileiro também. O processo de impedimento de Dilma ainda precisa ser acatado por um terço da Câmara dos Deputados, o que pode imprimir certa volatilidade nos mercados nos próximos dias afirmam os economistas.

Outras notícias importantes do dia

• O futuro do índice Ibovespa (BMF:IND) abre em forte alta de 3% nesta manhã, com o Dólar (FX:USDBRL) em queda de 0,5%.

• A agência de classificação de risco S&P rebaixou em dois níveis a nota de crédito do banco BTG Pactual (BOV:BBTG11), com perspectiva negativa.

• André Esteves perdeu o controle do BTG Pactual (BOV:BBTG11) para seus principais sócios, com uma permuta de ações ordinárias que o executivo possuía por preferenciais do banco.

• A maioria das regiões dos EUA registra crescimento modesto da atividade econômica segundo o Livro Bege, relatório do banco central dos país, dando ainda mais credibilidade a um aumento na taxa básica de juros neste mês.

• O Congresso aprovou o projeto de lei que muda a meta fiscal de 2015, de superavit para deficit de R$ 119 bilhões.

Esta notícia foi extraída do Bom Dia ADVFN, newsletter diária divulgada pela ADVFN Brasil, em 03-12-2015. Acesse a versão completa do Bom dia ADVFN por este link: Clique aqui.

Deixe um comentário