BC não consegue conter queda do Dólar

LinkedIn

O BCB (Banco Central do Brasil) está com dificuldade em conter uma forte desvalorização do Dólar (FX:USDBRL) em relação ao Real com a iminência do impeachment da presidente Dilma Rousseff. A moeda norte-americana fechou o pregão de ontem aos R$ 3,48. Nesta semana a autoridade monetária tem atuado fortemente na ponta compradora com operações de swap cambial reverso (equivalente à compra de Dólares no mercado futuro). Grande parte dos economistas veem o BC aproveitando a oportunidade para desmontar suas posições vendidas na moeda norte-americana, situação cada vez mais desconfortável em seu balanço.

Outras notícias importantes do dia

• A Embraer (BOV:EMBR3) entregou 21 jatos para o mercado de aviação comercial e 23 para o de aviação executiva ao longo do primeiro trimestre de 2016, aumento de 37,5% em relação ao ano anterior. Em 31 de março, a carteira de pedidos firmes a entregar totalizava US$ 21,9 bilhões.

• A CSN (BOV:CSNA3) assinou Termo de Ajustamento de Conduta para todas as pendências ambientais existentes da Usina Presidente Vargas, garantindo a continuidade das operações. Até setembro de 2017, a companhia investirá R$ 178 milhões em melhorias de processos produtivos, bem como serão pagos ao INEA R$ 22 milhões, a serem utilizados em programas ambientais na região de Volta Redonda.

• Dados do Livro Bege mostram que a economia dos EUA cresce em ritmo moderado, com fortalecimento do mercado de trabalho e dos gastos dos consumidores.

• O FMI (Fundo Monetário Internacional) estima que a dívida pública bruta brasileira chegará a 92% do PIB em 2021, com geração de superávit primário apenas a partir de 2020.

Esta notícia foi extraída do Bom Dia ADVFN, newsletter diária divulgada pela ADVFN Brasil, em 14-04-2016. Acesse a versão completa do Bom dia ADVFN por este link: Clique aqui.

Deixe um comentário