O que é taxa de Emolumentos Bovespa?

LinkedIn

Muitas pessoas que estão interessadas em investir dinheiro no Mercado de Ações, provavelmente já escutaram falar sobre as taxas e custos referentes a este tipo de investimento.

Uma das taxas que muitos investidores possuem dúvida é Emolumentos Bovespa. Se você faz parte do time que ainda está confuso, não precisa se preocupar. Entenda agora seu significado e como funciona o cálculo deste custo.

Mas afinal, o que é Emolumentos Bovespa?

Emolumentos é uma taxa cobrada pela Bovespa e pela Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia (CBLC) para cada negociação de ativos. Você encontra o valor desta taxa nas notas de corretagem que recebe do banco ou corretora de valores.

Normalmente, o valor está próximo das quantias pagas de Liquidação e de ISS (Imposto sobre Serviços). Entenda cada uma delas melhor a seguir:

  • Emolumentos: é uma taxa cobrada pela Bovespa para cada ordem de compra ou venda realizada.
  • Liquidação: taxa cobrada pela CBLC que pode variar de acordo com o volume negociado.
  • ISS (Imposto Sobre Serviços): é um imposto que possui cobrança diferente para cada região.

Aprenda a calcular a taxa Emolumentos Bovespa

Agora que você aprendeu sobre as taxas e impostos envolvidos, vamos mostrar a seguir como é realizado o cálculo do Emolumento para ações e também para contratos futuros.

Cálculo da taxa de Emolumentos para ações

O mesmo valor é cobrado para operações normais e de Day Trade. No entanto, a diferença fica por conta do tipo de investidor. Ou seja, para pessoas físicas e demais investidores, o percentual total é de 0,0325%, enquanto para fundos e clubes de investimentos o percentual total é de 0,0250%.

Vamos supor que você – pessoa física – tenha comprado 5.000 ações da BOV:PETR4 com Taxa de Corretagem de R$10 e Emolumentos de .

Para este exemplo vamos considerar o valor de cada ação como sendo de R$13,44.

  • Ações: R$67.200,00
  • Emolumentos Bovespa (Valor total de ações X 0,0325%):  R$21,84
  • Taxa de Corretagem: R$10
  • ISS: R$0,31
  • Valor total movimentado na compra: R$67.232,15

Após um determinado período de tempo, você resolveu vender essas ações por R$13,55. Veja como seria feito o cálculo:

  • Ações: R$67.750
  • Emolumentos Bovespa (Valor total de ações X 0,0325%):  R$22,01
  • Taxa de Corretagem: R$10
  • ISS: 0,35
  • Valor total movimentado na venda: R$67.782,36

Lucro Bruto e o Lucro Líquido da operação:

Para encontrar o valor do lucro bruto dessa transação, será preciso subtrair o valor total da venda pelo valor total da compra.

  • R$67.782,36 – R$67.232,15 = R$550,21
  • Lucro Bruto = R$550,21

Já para o Lucro Líquido, vai ser preciso retirar todas as taxas:

  • R$550,21 – R$20 (Taxa de Corretagem) = R$530,21
  • R$530,21 – R$43,85 (Total de Taxas) = R$486,36
  • R$486,36 – R$0,66 (ISS) = R$485,70
  • Lucro Líquido = R$485,70

Cálculo da taxa de Emolumentos para Contratos Futuros:

Para este tipo de investimento, a taxa de emolumentos é um valor fixo. Então, se você adquirir 100 contratos de índice futuro, por exemplo, o valor a ser pago em Emolumentos Bovespa seria de R$0,78 para cada contrato adquirido.

Confira na tabela abaixo os valores de acordo com a quantidade de contratos negociados:

Quantidade de contratos Emolumentos
De Até Valor(R$)
1 10 0,91
11 50 0,81
51 100 0,78
101 190 0,73
191 2.000 0,68
Acima de 2.000 0,64

Saber quais são as taxas e tributos que incidem sobre seus investimentos é muito importante. Tanto antes de investir, para calcular quais são as melhores opções para alcançar seus objetivos, quanto durante a aplicação, já que é muito importante acompanhar de perto sua evolução. Dessa forma, quando você realizar boas negociações com seu dinheiro, nenhuma taxa ou custo irá atrapalhar seus resultados.

Deixe um comentário