Bússola de Investimentos: confira as principais notícias do mercado financeiro nesta quinta-feira, 21 de setembro

LinkedIn

A Bússola de Investimentos desta quinta-feira traz: Sul América anuncia pagamento de debêntures, Braskem nega conversão de ações PN em ON, Itaúsa conclui compra da Alpargatas

SUL AMÉRICA (SULA3)

A Sul America anunciou uma emissão de R$ 500 milhões em debêntures com o vencimento em outubro de 2022 e outubro de 2024. informa a empresa por meio de um comunicado enviado ao mercado nesta quinta-feira (21). Leia

BRASKEM (BRKM5)

A Braskem negou nesta quarta-feira que esteja estudando a conversão de suas ações preferenciais (PN) em ordinárias (ON), conforme divulgado na quarta-feira, (20). Os papéis BRKM5 reagiram positivamente e terminaram o dia em alta de 6,70% e os BRKM3terminaram com valorização de 4,19%. Leia

ITAÚSA (ITSA4)

A Itaúsa, holding do Grupo Itaú, que controla o banco e a Duratex, anunciou que concluiu hoje, juntamente com a Brasil Warrant Administração de Bens e Empresas e a Cambuhy Investimentos a aquisição de 54,24% de participação no capital da Alpargatas, que pertenciam à J&F, controladora da JBS. Leia

VALE (VALE5)

A Vale anunciou o início das atividades de Centro de Operação Integradas (COI), localizado na Mina de Águas Claras (MAC), na cidade de Nova Lima (MG). Em comunicado à imprensa, a mineradora afirma que a nova estrutura tem o potencial de gerar ganhos superiores a US$ 600 milhões por ano, entre realização de preços, aumento da produtividade e redução de custos. Leia

MULTIPLAN (MULT3)

A Multiplan confirmou nesta quarta-feira (20), que foi aprovado pelo conselho deliberativo do clube Atlético Mineiro a proposta de venda da participação de 50,1% do clube no shopping center Diamond Mall, em Belo Horizonte, para a companhia por R$ 250 milhões. Leia

OI (OIBR4)

A Oi esclareceu nesta quarta-feira (20), que, mais cedo, nesta mesma data, o presidente da empresa, Marco Schroeder, se equivocou sobre a data de entrega do plano de recuperação judicial. Tal plano será apresentado no dia 27 de setembro, e não no dia 29, como havia sido informado. Leia

FLEURY (FLRY3)

O leilão de ações do Grupo Fleury, que previa movimentar 18,5 milhões de ações e R$ 508 milhões, acabou com 46,466 milhões de papéis vendidos, no valor total de R$ 1,329 bilhões, com um preço final de R$ 28,61, acima dos R$ 27,25 previstos inicialmente. O volume elevado e o preço mais alto indicam que houve forte procura pelo papel. Leia

CAMIL (CAML3)

A Camil adiou a data de fixação do preço na oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), que seria nesta quarta-feira, 20, para o dia 26 de setembro. Nesta quarta, inicia-se o período de desistência aos investidores que já haviam feito reserva, até às 14 horas do dia 26. A data de liquidação da oferta também foi alterada, para 2 de outubro. Leia

PETROBRAS (PETR4)

A Petrobras anunciou que reabre nesta quarta-feira sua refinaria próxima de Houston, após o mau tempo causado pelo Harvey atingir a região há mais de três semanas. Leia

RANDON (RAPT4)

A Randon (BOV:RAPT4) divulgou nesta quinta-feira, 21, informações sobre a Receita referente ao mês de agosto de 2017. A receita líquida consolidada da companhia atingiu R$ 277,5 milhões ou 49,2% maior que a registrada em agosto de 2016. Leia

TECNISA (TCSA3)

Tecnisa anunciou em fato relevante hoje que o presidente e fundado da companhia, Meyer Joseph Nigri, renunciou ao cargo. Em seu lugar, o Conselho de Administração decidiu que o atual vice-presidente Joseph Meyer Nigri irá assumir o comando da empresa. Leia

Ficou com alguma dúvida relacionada ao assunto? Entre em contato conosco no e-mail brunar@advfn.com.br

Deixe um comentário