Finalmente: CSN apresenta balanço em atraso

LinkedIn

Pendentes, a CSN (BOV:CSNA3) apresentou hoje as demonstrações financeiras auditadas relativas ao exercício social encerrado em 2016. A companhia não conseguiu reverter perdas e registrou prejuízo consolidado de R$ 853,05 milhões no ano. No primeiro trimestre de 2017, a companhia registrou lucro líquido de R$ 117,61 milhões. No segundo trimestre, o resultado voltou a ser negativo, com prejuízo de R$ 639,95 milhões. No terceiro trimestre deste ano, a CSN voltou ao positivo, com lucro líquido de R$ 256,18 milhões.

Outras notícias importantes do dia:

• Relatório Focus do Banco Central: PIB deve registrar crescimento de 0,73% em 2017, com inflação de 3,06% ao final do ano.

• A Petrobras subiu o preço da gasolina e do diesel em 2,1% nas refinarias.

• A IMC iniciou uma oferta pública de distribuição secundária de 55,54 milhões de ações de titularidade de fundos de investimento.

• A Petrobras adquiriu, em parceria com outras companhias, três blocos offshore nas últimas rodadas de licitações realizadas pela ANP, sendo operadora em todos os blocos. No regime de partilha de produção, o consórcio entrega ao Governo um percentual denominado excedente em óleo lucro para a União.

• A Sanepar patrocinará um programa de emissão de certificados de depósitos de ações da companhia para a formação de units, sendo cada unit representativa de uma ação ordinária e quatro ações preferenciais.

• A Ecorodovias aprovou a emissão de R$ 1,1 bilhão em debêntures simples. Os recursos serão destinados para refinanciamento do passivo da companhia e reforço de caixa.

• A Ferbasa adquiriu do Santander diversas centrais eólicas por R$ 811,7 milhões. A operação está inserida na estratégia de atuação vertical e ampliar sua competitividade no setor de mineração, metalurgia e de recursos florestais, por meio do investimento no segmento energético.

• O BTG Pactual aprovou a incorporação da subsidiária integral Thor Comercializadora de Energia para simplificar sua estrutura de capital.

• A Hypermarcas rescindiu o contrato celebrado com o Credit Suisse para exercer a função de formador de mercado de suas ações na Bovespa.

• A Randon aprovou a emissão de R$ 300 milhões em debêntures simples como reforço para o capital de giro.

• A BB Seguridade aprovou a abertura de um novo programa de recompra de até 1,48% de suas ações em circulação no mercado para manutenção em tesouraria ou cancelamento.

• A Hypermarcas registrou lucro consolidado de R$ 177,34 milhões no terceiro trimestre de 2017 (-12,4% em 12 meses).

• A Duratex registrou lucro consolidado de R$ 83,14 milhões no terceiro trimestre de 2017 (+178,5% em 12 meses).

Esta notícia foi extraída do Bom Dia ADVFN, newsletter diária divulgada pela ADVFN Brasil, em 30-10-2017. Para receber esta newsletter gratuitamente todas as manhãs em seu email automaticamente, marque a opção “Boletim Noticiário Brasileiro” neste link: Relatórios Financeiros Gratuitos ADVFN

Deixe um comentário