Dólar inicia o mês em queda

LinkedIn

No primeiro pregão de novembro, o dólar encerrou o dia em queda. A negociação da moeda foi impactada durante o dia após a decisão do Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, de manter os jurares inalterados. Agora, os investidores aguardam o anúncio com o nome do novo chefe do Fed.

Histórico

Hoje, o dólar encerrou o dia com 0,26% de baixa, cotado à R$ 3,2633 para compra e R$ 3,2640 para venda.

No último pregão de outubro, o dólar fechou cotado a R$ 3,2430 para compra e R$ 3,2438 para venda.

Em 2017, após 209 pregões, o dólar apresenta uma desvalorização de 0,44%. São 100 pregões de alta contra 109 de baixa. Em 2016, a divisa dos Estados Unidos fechou cotada a R$ 3,2492 para compra e a R$ 3,2497 para venda.

Influências

 

Durante o dia, a decisão do Fed em manter a taxa de juros inalterada nos Estados Unidos mexeu com os ânimos do mercado, que agora aguarda e especula sobre quem será o seu próximo comandante.

O BC dos EUA elevou os juros duas vezes desde janeiro e prevê atualmente mais um aumento até o fim do ano como parte do ciclo de aperto monetário que começou no final de 2015.

O presidente americano Donald Trump deve anunciar nesta quinta (02) o novo chair do Fed, que substituirá Janet Yellen, cujo mandato termina em fevereiro.

Deixe um comentário