Balança Comercial tem alta semanal de 16,2%

LinkedIn

De acordo com dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), divulgados nesta segunda-feira (18), a balança comercial brasileira encerrou a terceira semana de dezembro com um superávit de US$ 1,268 bilhões.

O resultado corresponde às transações entre os dias 11 e 17 de dezembro, período composto por 5 dias úteis. As exportações somaram US$ 4,618 bilhões e as importações US$ 3,350 bilhões.

No mês, as exportações somam US$ 9,389 bilhões e as importações, US$ 7,091 bilhões, com saldo positivo de US$ 2,299 bilhões.

No ano, as exportações totalizam US$ 209,540 bilhões e as importações, US$ 145,238 bilhões, com saldo positivo de US$ 64,302 bilhões.

Exportações

A média das exportações nesta semana alcançou os US$ 923 milhões, uma alta de 16,2% em relação à semana passada. Isso aconteceu pelo aumento nas vendas de produtos básicos (+49,5%), principalmente  por conta de petróleo em bruto, minério de ferro, café em grão, carne bovina e soja em grão; e de produtos manufaturados (+4,1%), em razão  de tubos flexíveis de ferro ou aço, laminados de ferro ou aço, torneiras e válvulas, aviões, motores e geradores elétricos. Por outro lado, as exportações de produtos semimanufaturados caíram 26%, por causa da redução nas vendas de de alumínio em bruto, cátodos de cobre, ferro fundido, açúcar em bruto e produtos de ferro/aço.

Em relação a novembro, houve crescimento de 2,3%, em virtude do aumento nas vendas de produtos manufaturados (+3,11%) e básicos (+2,4%). Por outro lado reduziram as vendas de produtos semimanufaturados (-3,0%).

Na comparação do ano, até a 3ª semana de dezembro, a média de exportações teve um crescimento de 17,8% em comparação ao mesmo período do ano passado. Isso foi motivado pelo aumento nas vendas de produtos básicos (+33,7%), manufaturados (+10%) e semimanufaturados (+1,3%).

Importações

A média das importações ficou em US$ 670 milhões, um crescimento de 7,5% causado pelo aumento nos gastos com combustíveis e lubrificantes, equipamentos mecânicos e equipamentos eletroeletrônicos.

Em relação ao mês passado, houve uma queda de 12,5%, pela queda no consumo de químicos orgânicos e inorgânicos (-12,7%), veículos e partes (-10,3%), combustíveis e lubrificantes (-7,3%) e equipamentos eletroeletrônicos (-6,2%).

Já em relação ao mesmo período de 2016, a média diária subiu 23%, motivado pelo crescimento nos gastos com combustíveis e lubrificantes (+36,1%), plásticos e obras (+32,2%), equipamentos eletroeletrônicos (+30,9%), químicos orgânicos e inorgânicos (+29,0%) e veículos e partes (+27,0%).

Histórico

Em dezembro, após 11 dias úteis, as exportações no Brasil somaram US$ 9,389 bilhões. As importações totalizaram US$ 7,091 bilhões e o saldo do mês foi de US$ 2,299 bilhões.

Em novembro, após 20 dias úteis, as exportações somaram US$ 16,688 bilhões. As importações brasileiras totalizaram US$ 13,142 bilhões e o saldo ficou em US$ 3,456 bilhões.

Em 2017, após 240 dias úteis, as exportações somam US$ 209,540 bilhões e as importações, US$ 145,238 bilhões, com saldo positivo de US$ 64,302 bilhões.

Deixe um comentário