Bitcoin cai para US$17.990; mercado de criptomoedas opera em alta

LinkedIn

Um dia após os contratos futuros de bitcoin (COIN:BTCUSD) começarem a ser negociados na CME, a moeda opera com uma queda de 4.5%, sendo cotada a US$ 17.990,1.

Quer saber como converter suas criptmoedas? Clique aqui

O Ethereum (COIN:ETHUSD), segunda criptomoeda mais valiosa em termos de capitalização de mercado, após o bitcoin, operava com uma alta de 6.21%, cotado a US$ 832,69

O Bitcoin Cash (COIN:BCHUSD) operava com uma alta de 6.04%, cotado a US$ 2.307,28.

A Ripple (COIN:XRPUSD) às 12h desta terça-feira estava cotada a US$ 0,77, com uma alta de 2.6%.

A Litecoin (COIN:LTCUSD) por sua vez, assumiu a posição como uma das cinco melhores moedas para investir e nesta terça-feira, operava com uma queda de 0.83%, cotada a US$ 349,37.

Influências

O órgão de controle financeiro do Reino Unido anunciou na sexta-feira (15) que realizará uma análise mais aprofundada sobre a aplicabilidade das leis nacionais as ICOs, de modo a determinar a necessidade de “ação regulatória adicional”.

Em uma declaração divulgada na sexta-feira e repassada a mídia, a Autoridade de Conduta Financeira (FCA) escreve que pretende realizar um “exame mais aprofundado” dos desenvolvimentos, reunindo mais evidências e informações: “Queremos determinar se há ou não necessidade de novas ações regulatórias nesta área além do aviso ao investidor emitido em setembro”.

Em setembro, a FCA emitiu uma advertência aos investidores sobre os riscos de ICOs afirmando como “investimentos altamente especulativos de alto risco”. Além disso, mencionou que as ICOs não estão regulamentadas e, como tal, certas proteções disponíveis para outros ativos não se estendem ao mercado.

Outros possíveis riscos mencionados incluem a volatilidade dos preços das criptomoedas e as possibilidades de fraude, entre outros.

Deixe um comentário