Bitcoin volta a atingir os US$ 10.400; mercado opera em alta

LinkedIn

Após voltar aos US$ 9.300 dólares nesta quinta-feira, o Bitcoin (COIN:BTCUSD) amanheceu em alta nesta sexta-feira (1º), com uma valorização de 5.94%, cotado a US$ 10.487,04

O Ethereum (COIN:ETHUSD), segunda criptomoeda mais valiosa em termos de capitalização de mercado, após o bitcoin, operava com uma alta de 3.08%, cotada a US$ 453,73.

Quer saber como converter suas criptmoedas? Clique aqui

O Bitcoin Cash (COIN:BCHUSD) operava com uma alta de 4.72%, cotado a US$ 1.417,27.

A Ripple (COIN:XRPUSD), às 15h desta sexta-feira, operava com uma alta de 3.17%, cotada a US$ 0,24.

O DigitalCash (COIN:DASHUSD) por sua vez, retornou a posição como uma das cinco melhores moedas para investir e às 15h desta sexta-feira estava cotado a US$ 757,16, com uma valorização de 0.51%.

Acompanhe o fórum ADVFN sobre criptomoedas 

Influências

Segundo a Bussiness Insider, a US Commodity Futures Trading Commission disse nesta sexta-feira, (1) que permitiria negociação de contratos futuros bitcoin em três exchanges.

Em um comunicado, a CFTC disse que a Chicago Mercantile Exchange e a CBOE Futures Exchange auto-certificaram novos contratos para produtos futuros de bitcoin. A Cantor Exchange auto-certificou um novo contrato para opções binárias de bitcoin.

Os contratos futuros permitirão apostar nos preços do bitcoin sem comprar a criptomoeda na prática. Tanto a CBOE como a CME disseram que seus produtos futuros de bitcoin seriam liquidados em dinheiro.

Os contratos de futuros oferecidos pelas empresas de estabelecimento poderiam abrir a porta para uma participação mais ampla na negociação de bitcoin por grandes empresas de Wall Street.

 

Deixe um comentário