IPO

Demanda em IPO do Burger King Brasil já supera em 2,5 vezes a oferta

LinkedIn

Faltando dois dias para a conclusão da operação de oferta inicial, o Burger King Brasil já conseguiu atrair demanda 2,5 vezes superior ao tamanho de sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), considerando somente o piso da faixa indicativa de preço (R$ 14,50 a R$ 18,00).

A expectativa do mercado é de que a demanda passe de três vezes, o que pode permitir que a ação seja precificada acima do valor mínimo proposto.

Leia: Operador do Burger King deve precificar IPO no topo da faixa indicativa

Empurrãozinho

Alguns fundos de investimento ajudaram a ancorar a operação. A gestora Vinci Capital, dona de 33% do Burger King no País, e a Temasek, empresa de investimentos do governo de Cingapura que tem 15% da rede, vão vender uma fatia de suas participações.

São sócios ainda da master-franqueada no Brasil o fundo de private equity Capital Group, com 31%, e a Restaurant Brands International, dona da marca Burger King, com outros 15%. Procurado, o Burger King não comentou.

Leia: IPO do Burger King: Vale a pena participar?

Deixe um comentário