Dólar tem leve queda de olho em Previdência

LinkedIn

dólar recuou diante da preocupação de que o governo não conseguirá aprovar a reforma da Previdência ainda este ano.

Histórico

A moeda recuou 0,295%, cotada a R$ 3,2464 para compra e R$ 3,2471 para venda.

Após 2 pregões no mês, a moeda desvalorizou 0,75%. Já se foram 2 pregões negativos, contra nenhum positivo. No último pregão de novembro, o dólar fechou cotado a R$ 3,2708 para compra e R$ 3,2716 para venda

Em 2017, após 228 pregões, o dólar apresenta uma desvalorização de 0,08%. São 108 pregões de alta contra 120 de baixa. Em 2016, a divisa dos Estados Unidos fechou cotada a R$ 3,2492 para compra e a R$ 3,2497 para venda.

Influências

O mercado ainda não está confiante de que o presidente Michel Temer conseguirá garantir o apoio necessário para a aprovar a Reforma da Previdência.

Ontem, ao sair de um encontro político, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, afirmou que até a próxima quinta-feira deve ter uma ideia de quantos votos favoráveis o governo tem.

Banco Central vendeu todos os 14 mil swaps cambial, para rolagem dos contratos que vencem em janeiro. Assim, já rolou US$ 1,4 bilhão do total de US$ 9,638 bilhões.

Nos Estado Unidos, a reforma tributária pode aumentar a dívida pública e pressionar o Federal Reserve a elevar os juros americanos, atraindo os investidores do mundo para fora de economias emergentes com a brasileira. 

Deixe um comentário