Dólar avança com a aproximação do julgamento do ex-presidente Lula

LinkedIn

O dólar fechou em alta nesta terça-feira (23) com os acionistas de olho na aproximação do julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que está marcado para esta quarta-feira (24) às 08h30.

Histórico

A moeda teve alta de 0,9%, cotada a R$ 3,2374  para compra e R$ 3,2381 para venda.

Após 16 pregões no mês, a moeda desvalorizou 2,30%. Já se foram 10 pregões negativos, contra 6 positivos. No último pregão de dezembro, o dólar fechou cotado a R$3,3133  para compra e R$ 3,3144 para venda.

Em 2018, após 16 pregões, o dólar apresenta uma desvalorização de 2,30%. Já se foram 6 pregões em alta, contra 10 em baixa. Em 2016, a divisa dos Estados Unidos fechou cotada a R$ 3,3133 para compra e a R$ 3,3144 para venda.

Influências

Os investidores acompanham com cautela a reação de mercado econômico com a aproximação do julgamento do ex-presidente Lula no processo do tríplex em Guarujá que será realizado às 8h30 desta quarta-feira (24), na sede do Tribunal Regional da 4ª Região (TRF-4), em Porto Alegre. A denúncia será avaliada pelos desembargadores João Pedro Gebran Neto, relator da Lava Jato no TRF-4, Leandro Paulsen, que é o revisor, e Victor Luiz dos Santos Laus.

Caso o recurso da defesa do petista seja negado, o ex-presidente pode acabar inelegível, o que seria bom para o mercado, uma vez que Lula é visto como o candidato menos comprometido com o ajuste fiscal. Porém, os advogados podem entrar com vários recursos para adiar o processo até o dia 15 de agosto, quando são feitos os registros das candidaturas.

No exterior, o Congresso americano voltou a funcionar após a paralisação de 3 dias do governo Trump.

Deixe um comentário