Eletrobras conclui acordo com advogados para resolver ação nos EUA

LinkedIn

A Eletrobrás (ELET6) concluiu um contrato de R$ 42,8 milhões com o escritório de direito Hogan Lovells, para finalizar as investigações que estão sendo feitas sobre uma corrupção na estatal, de acordo com a divulgação feita nesta sexta-feira (5) pelo Diário Oficial da União.

Segundo o documento, o acordo tem como objetivo a “resolução do caso perante as autoridades norte-americanas”, que seria importante para diminuir os risco quando o governo já informou o projeto de privatizar a companhia ainda este ano.

A companhia está na mira de uma ação coletiva nos EUA, iniciada por acionistas que se sentiram prejudicados com as perdas do grupo, devido ao envolvimento da empresa com irregularidades.

Já a Petrobras (PETR3) (PETR4chegou a um acordo nesta semana, para quitar US$ 2,95 bilhões afim concluir uma ação coletiva de investidores nos EUA, aberta depois que autoridades do Brasil apresentaram provas de corrupção na empresa.

Enquanto a Eletrobrás também está sendo investigada pela LavaJato, o grupo vem fazendo contratos com o Hogan Lovells para resolver as investigações internas de três anos, depois que autoridades do país indicarem vestígios de proprinas pagas em negociações da estatal.

Atualmente, o novo acordo com o escritório permanecerá por 10 meses, e foi aprovado dia 20 de dezembro.

Deixe um comentário