ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for tools Aumente o nível de sua negociação com nossas ferramentas poderosas e insights em tempo real, tudo em um só lugar.

Bom dia, Investidor! 02 de fevereiro de 2018

LinkedIn

Esse é o Bom Dia, Investidor, com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir! 

Para saber o que aconteceu ontem após o fechamento do mercado, confira o nosso Boa noite, Investidor! 

Pré Market

A primeira sexta-feira do mês reserva, como já é tradição nos mercados financeiros, os dados de emprego nos Estados Unidos. O payroll, como é chamado o relatório oficial sobre a geração de vagas no país, ganha ainda mais importância após o Federal Reserve subir o tom em relação ao ciclo de alta da taxa de juros norte-americana. Por isso, os números podem influenciar no apetite dos investidores por ativos de risco, como os brasileiros.

Isso porque o mercado de títulos soberanos vem passando por certa agitação há alguns dias, à medida que ganhou força a percepção de que a taxa de juros nos EUA deve subir três vezes neste ano – a primeira já em março. Até então, as apostas davam conta de apenas dois aumentos, mas perdeu espaço após o Fed sinalizar uma piora do cenário de inflação, que coincide com a força da economia norte-americana, mas que ainda não se concretizou.

Nesta manhã, o rendimento (yield) do título do país de 10 anos (T-note) sustentava-se acima de 2,78%, ainda nos maiores níveis em quatro anos, ao passo que o dólar se recupera frente as moedas rivais. A pressão no mercado de bônus hoje vem do Japão, após o Banco Central japonês (BoJ) afirmar que irá tomar medidas para evitar que juro projetado pelo título de 10 anos do país se distancie do alvo, com taxa ao redor de 0%.

Leia: Pré-Market: Sem Lula e sem Previdência, o foco é no exterior

Destaques corporativos

Companhia Siderúrgica (CSNA3) / Renegociação – Como parte da renegociação de dívida, a Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) concordou em vender pelo menos um de seus ativos.

Oi (OIBR4) / AGE – A Oi informou ao mercado nesta sexta-feira (2), que não irá realizar a Assembleia Geral Extraordinária (AGE) no dia 07 de fevereiro de 2018, uma vez que a ordem do dia contida na convocação realizada por iniciativa de um de seus acionistas, contraria a decisão judicial proferida no dia 08 de janeiro de 2018.

BR Properties (BRPR3) / Petrobras – A BR Properties esclareceu nesta sexta-feira (2) que a Petrobras deixará 3,7% da área locável do Porfólio da BR Properties, na Torre Leste do imóvel Ventura Corporate Towers, localizado no centro do Rio de Janeiro.

BB Seguridade (BBSE3) / Resultados – A BB Seguridade irá divulgar os seus resultados referentes ao 4º trimestre de 2017 no dia 19 de fevereiro de 2018, antes da abertura do mercado.

Banco do Brasil (BBAS3) / Resultados – O Banco do Brasil divulgará o resultado referente ao 4T17 no dia 22 de fevereiro de 2018, antes da abertura do mercado.

Sony (NYSE:SNE) / Resultados – No 3º trimestre, encerrado em 31 de dezembro nos Estados Unidos, a receita da empresa cresceu 15 vezes, finalizando o ano em US$ 2,7 bilhões.

Walmart / Venda – As negociações para a venda do Walmart no Brasil está passando por dificuldades. O motivo é que alguns fundos de investimento que avaliaram a operação, desistiram do negócio.

Recomendações de ativos

Braskem (BRKM5) / BTG Pactual – O BTG Pactual elevou o preço-alvo do ativo para R$ 56, citando a geração de caixa sólida no longo prazo. O banco optou por manter a recomendação como “neutra”.

Marcopolo (POMO4) / Bradesco BBI – O Bradesco BBI elevou o preço-alvo do ativo para R$ 4 e alterou a recomendação para “neutra”.

Bradesco BBI / Carteira Top 10 – Os analistas do Bradesco BBI optaram por incluir os ativos da M. Dias Branco (MDIA3) e Br Malls (BRML3) em substituição aos papéis da BRF (BRFS3) e Iguatemi (IGTA3) na sua carteira Top 10.

Notícias

Alckimin / João Dória – O governador de São Paulo, Geraldo Alckimin, está rejeitando qualquer esforço para impulsionar a candidatura de João Dória ao governo estadual.

Michel Temer / Reforma da Previdência – Em entrevista, o presidente Michel Temer afirmou a possibilidade de colocar a Previdência em pauta no dia 19 de fevereiro mesmo sem os votos necessários para aprovação da proposta (308 votos).

Michel Temer / Reforma da Previdência – O presidente Michel Temer afirmou, em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, que considera ter feito a sua parte pela aprovação da reforma da previdência.

IPC-Fipe / São Paulo – Segundo dados divulgados pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de São Paulo desacelerou a alta a 0,46% em janeiro, após ter encerrado dezembro com avanço de 0,55%.

Bitcoin / Cotação – A principal moeda digital, Bitcoin, está nos trilhos para ter a pior semana desde 2013. Nesta terça-feira, a moeda recuou abaixo dos US$ 9 mil e às 09h estava cotada com uma desvalorização de 8.76% — cotado a US$ 8.402,8.

Agenda Econômica

BRASIL
* A Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) divulgou que o Índice de Preços ao Consumidor do município de São Paulo (IPC-SP) referente a janeiro apontou inflação de 0,46% no mês.

* A Fundação Getulio Vargas (FGV) divulga às 8h os dados regionais do Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) referentes a janeiro.

ESTADOS UNIDOS

* O número de empregos criados ou perdidos pela economia (payroll) e a taxa de desemprego referentes a janeiro serão publicados às 11h30 pelo Departamento do Trabalho. Analistas consultados pela Agência CMA esperam a criação de 194 mil vagas e estabilidade na taxa de desemprego em 4,1%.

* As encomendas às fábricas de dezembro serão publicadas às 13h pelo Departamento do Comércio. Em novembro, as encomendas subiram 1,3% ante outubro. O mercado prevê alta de 1,5% em dezembro.

* A versão revisada do índice de confiança do consumidor de janeiro será publicada às 13h pela Universidade de Michigan e pela Thomson Reuters. A leitura preliminar mostrou queda para 94,4 pontos, de 95,9 pontos em dezembro. Analistas esperam 95 pontos na versão revisada.

EUROPA E ÁSIA
* Eurozona: o índice de preços ao produtor de dezembro será publicado às 8h pela Eurostat. Em novembro, o índice subiu 0,6% ante outubro. .

 

Deixe um comentário