Porto Seguro precisará de boa gestão para enfrentar o ano, afirma Magliano

LinkedIn

Em relatório, a Magliano alega que 2018 será um ano desafiador para as seguradoras, por causa do impacto da queda da Selic. Assim, a Porto Seguro (BOV:PSSA3) dependerá de uma gestão que continue balanceando os juros baixos ao estudo criterioso na aceitação e precificação de seguros, de forma a continuar melhorando seu resultado operacional.

Por outro lado, os analistas Pedro Galdi e Carlos Soares Rodrigues, responsáveis pelo documento, alegam que o papel da PSSA3 já está fortemente valorizado e não seria um bom momento para entradas. A recomendação é de manutenção, com preço-justo nos R$ 46,60.

A Selic baixa deve continuar impactando de forma substancial os resultados da empresa, o qual costuma a ser o principal componente do seu lucro líquido. Assim, o relatório afirma que “a continuidade dos bons resultados da Porto Seguro dependerá da capacidade da companhia em manter boas margens operacionais a partir de uma gestão de risco de sinistralidade bastante minuciosa, além de seus outros segmentos de negócios financeiros e serviços”.

Além disso, os analistas concordam que os produtos diferenciados e a qualidade reconhecida da Porto Seguro “serão mais do que nunca cruciais para atravessar este ano desafiador para as seguradoras”.

Deixe um comentário