Confira as principais recomendações da Santander Corretora para o mês de junho

LinkedIn

Em relatório, a equipe da Santander Corretora divulgou sua carteira recomendada com as principais escolhas de ações para o mês de junho. Durante o mês de maio, a carteira da Santander Corretora registrou recuo de 7,51%, em contrapartida, o Ibovespa encerrou o mês em 9,91%. Com o objetivo de alcançar rentabilidade superior ao índice, a corretora substituiu os papéis da Petrobras (BOV:PETR4).

Em relatório, a corretora afirma que a decisão de retirar a Petrobras foi influenciada pela polêmica envolvendo a política de redução de preço do óleo diesel nas refinarias em 10%, anunciada no dia 23 de maio. A redução acabou por alterar a visão positiva sobre as ações da Petrobras em um horizonte de curto a médio prazo. Os analistas da corretora afirmam que “continuarão monitorando os desdobramentos sobre (BOV:PETR3), de forma a retornar à posição em um momento mais oportuno”.

Para enquadrar a saída da ação da PETR4os analistas optaram por elevar o peso da TIMP3passando de 8% para 12%; e do ITUB4, de 13% para 18%.

Dessa forma, o portfólio dinâmico da Santander Corretora passou a ser composto pelos ativos do Banco do Brasil (BOV:BBAS3), CVC Brasil (BOV:CVCB3), Itaú (BOV:ITUB4), Tenda (BOV:TEND3), Rumo (BOV:RAIL3), Localiza (BOV:RENT3) e Tim (BOV:TIMP3).

Deixe um comentário