ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for alerts Cadastre-se para alertas em tempo real, use o simulador personalizado e observe os movimentos do mercado.

Dólar sobe, apesar de intervenção do Banco Central

LinkedIn

O dólar encerrou o pregão desta terça-feira nas alturas, mesmo com a interferência do Banco Central no câmbio, e influenciado pela política local.

Histórico 

A moeda teve alta de 1,78%, cotada a R$3,8094 para compra e R$3,8100 para venda.

Após 3 pregões em junho, a moeda valorizou 1,96%. Houve 1 fechamento negativo contra 2 positivos. Em maio, a divisa americana fechou cotada a R$3,7352 para compra e R$3,7367 para venda.

Em 2018, após 105 pregões, o dólar apresenta uma valorização de 14,95%. Já se foram 60 pregões em alta, contra 45 em baixa. Em 2016, a divisa dos Estados Unidos fechou cotada a R$ 3,3133 para compra e a R$ 3,3144 para venda.

Influência

Do lado brasileiro, o mercado segue reagindo as pesquisas eleitorais. O DataFolha publicou hoje no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que no próximo domingo divulgará mais uma pesquisa de intenção de votos para as eleições de outubro. A pesquisa acontece após a greve dos caminhoneiros que afetou o abastecimento brasileiro nos últimos dias.

Deixe um comentário

Seu Histórico Recente

Delayed Upgrade Clock