Multilaser adia IPO; Agibank tem demanda superior à oferta

LinkedIn

Investing.com – A Multilaser e a Agibank, duas das empresas que visam a abertura de seu capital na bolsa, enfrentam realidades opostas no andamento da operação. A fabricante de eletrodomésticos e itens de informática deve adiar o seu IPO devido à volatilidade do mercado, que aumentou no último mês.

Será a segunda vez que a companha adia a oferta, que estava prevista para julho, na expectativa de um cenário mais favorável. A mesma decisão foi tomada pela Bunge, que também postergou a abertura de capital de sua divisão sucroalcooleira no pais. Neste caso, a decisão está diretamente relacionada à guerra comercial entre os Estados Unidos e a China, além da mudança da política econômica americana.

Para o Agibank, a situação é bem diferente. O banco digital, de acordo com a Coluna do Broad, já tem demanda que supera em duas vezes sua oferta, considerando o piso da faixa de preço proposto, que é entre R$ 13,87 e R$ 16,95. A ação deve ser precificada na quinta-feira, dia 21 de junho. a estreia da companhia na B3 ocorrerá na segunda-feira, dia 25.

O para conseguir emplacar sua oferta inicial de ações tem a avaliação considerada elevada por investidores. Apesar disso, o valor de R$ 9 bilhões dado à companhia não tem gerado pressão sobre os coordenadores da oferta para redução de preços, mesmo já tendo afastado o interesse de alguns gestores.

Deixe um comentário